Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/88740
Title: Espaço Habitado: Desenho, Figuração e Espacialidade
Authors: Ferreira, Sérgio Roberto Vaz
Orientador: Pousada, Pedro
Keywords: desenho; corpo; espaço; arquitetura; memória; drawing; body; space; architecture; memory
Issue Date: 12-Dec-2019
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Esta tese propõe uma reflexão sobre o desenho e, mais especificamente, sobre a confluência, em sua produção, da figuração e do espaço. Empreende um estudo desses dois elementos em conjugação com o desenho contemporâneo em obras de artistas contemporâneos e com a identificação e o estudo dessas instâncias e sua ocorrência no processo de produção do artista/pesquisador. Inicialmente, aborda em sentido amplo a representação da figura humana e a ideia de espaço como área do suporte ocupada ou não pela linha, em seis séries de desenhos do autor, expostas entre 2007 e 2015. Em concomitância, amplia-se o diálogo entre as definições possíveis de espaço vazio e de lacuna tendo como base o texto de Eliane Chiron, o lugar da imagem nas proposições de Patrícia Franca e o conceito de invisualidade no texto de Carlos Vidal. Esse processo de significação entre figura e espaço será também considerado na observação das obras dos artistas: Toba Khedoori, Andrea Bowers e Jenny Saville, Mel Bochner e Cildo Meireles. Essas obras atuam como referência constante no processo reflexivo e na fundamentação conceitual da pesquisa. Outros artistas e autores participam oportunamente, como elementos de ampliação do debate. O tocante ao espaço tridimensional e à figuração, nos capítulos finais desta tese, atende ao momento de transição da produção atual do pesquisador, quando o estúdio e a relação pessoal com espaços arquitetônicos de referência emergem como produtores de signos. Partindo de entrevistas e obras de William Kentridge e da exposição Casa modo de usar, de Leonor Antunes, constrói-se uma narrativa entre objetiva e poética do espaço e do corpo, com a liberdade de, nesse momento, entendê-los nas relações de produção e de hábito/habitar. Sob essa perspectiva, o processo de redação desta investigação deve ser entendido como uma amálgama de todas as instâncias de estudos e experiências que convergem para o reconhecimento das duas potências – figura e espaço – e do desenho como sintoma, processo e causa de suas próprias transformações. À medida que a proposta de produção plástica, as reflexões e os confrontos entre teorias, conceitos e abordagens foram se materializando, construiu-se o discurso. Portanto, a metodologia e as etapas de investigação – sua ordem e hierarquia - também são elementos definidores e, ao mesmo tempo, definidos pelo caminho orientado pelas questões que se impuseram no percurso. A produção plástica e a escrita conformam facetas de um mesmo objeto. Em sua maioria, os trabalhos produzidos para este estudo se originaram de ações (performances) artísticas realizadas no ano de 2015, em duas paisagens geográficas e sensíveis específicas – Coimbra, Portugal e Belo Horizonte, Brasil – usando o próprio corpo como unidade de medida e memória do ato de reconhecer espaços arquitetônicos específicos e como contentor do percurso geográfico e sensível 6 entre os dois países. Os desenhos e a proposta de Ambientes Portáteis, produzidos entre 2015 e 2018, formam o conjunto de trabalhos e registros sobre esta experiência de investigação. Apoiada nessas premissas, esta tese se torna documento poético-documental do percurso do autor, fruto da investigação e exercício do desenho em um período específico de experiências, no intento de reconhecer relações particulares e leituras possíveis entre figura e espaço, assim como as variantes e fatores incidentes e determinantes da trajetória da produção e das contaminações decorrentes do período de realização do Doutoramento em Arte Contemporânea, no Colégio das Artes, em Coimbra. O desenho é, no mecanismo de pulsão e construção desta reflexão, o elemento de conexão entre representação e experiência. Esta pesquisa almeja contribuir para o debate sobre as possibilidades de abrangência do desenho contemporâneo.
This thesis proposes a reflection on the drawing and, more specifically, on the confluence of figuration and space in its production. It undertakes a study of these two elements in conjugation in the contemporary drawing in works of contemporary artists and from the identification and study of these instances and their occurrence in the process of production of the artist / researcher. Initially, it broadly addresses the representation of the human figure and the idea of space as an area of support occupied or not by the line, in six series of drawings of the author, exposed between 2007 and 2015. At the same time, possible definitions of empty space and of the gap from the text of Eliane Chiron, the place of the image in the propositions of Patrícia Franca and the concept of invisuality in the text of Carlos Vidal. This process of signification between figure and space will also be considered in the observation of the works of the artists: Toba Khedori, Andrea Bowers and Jenny Saville, Mel Bochner, Cildo Meireles and Toba Khedoori. These works act as a relevant and constant reference in the reflective process and in the conceptual foundation of the research. Other artists and authors participate timely in the reflection, as elements to broaden the debate. Regarding the three-dimensional space and figuration, in the closing chapters of this thesis, it attends to the moment of transition of the researcher's current production, when the studio and the personal relation with reference architectural spaces emerge as sign producers. From the interviews and works of William Kentridge and the exhibition Casa modo de uso by Leonor Antunes, a narrative between objective and poetic of space and of the body is constructed, with the freedom to understand them in the relations production and habit / habitation. From this perspective, the writing process of this research must be understood as an amalgamation of all instances of studies and experiences that converge towards the recognition of the two powers - figure and space - and of design as a symptom, process and cause of its own transformations. As the proposal of plastic production, the reflections and the confrontations between theories, concepts and approaches were materializing, the discourse was constructed. Therefore, the methodology and stages of research - its order and hierarchy - are also defining elements and, at the same time, defined by the path guided by the questions that have been imposed in the course. The plastic production and the writing conform facets of the same object. Most of the work produced by the researcher for this study originated from artistic performances performed in the year 2015, in two specific geographic and sensitive landscapes - Coimbra, Portugal and Belo Horizonte, Brazil - using his own body as a unit of measure and memory of the act of recognizing specific architectural spaces and as a container of the geographic and sensitive path. The designs and the proposal of portable environments, produced between 2015 and 2018 form the set of works and records of the study material. 8 Based on these premises, this thesis becomes a poetic-documentary document of the author's course, the fruit of research and drawing exercise in a specific period of experiments, in the attempt to recognize particular relationships and possible readings between figure and space, as well as variants and incidental and determinant factors of the production trajectory and the contaminations resulting from the PhD in Contemporary Art, at Colegio das Artes, Coimbra. Drawing is, in the mechanism of drive and construction of this reflection, the connecting element between representation and experience. This research aims to contribute to the debate about the scope of contemporary design.
Description: Tese no âmbito do Doutoramento em Arte Contemporânea, apresentada ao Colégio das Artes da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/88740
Rights: openAccess
Appears in Collections:Colégio das Artes - Teses de Doutoramento
UC - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Espaço habitado desenho, figuraçao e espacialidade.pdf13.87 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

183
checked on Jun 10, 2021

Download(s)

152
checked on Jun 10, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.