Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/87494
Title: Seremos campeões?: o desenvolvimento urbano e a Copa do Mundo FIFA em um estudo da África do Sul e do Brasil
Authors: Maldonado, Fernando Goya
Orientador: Santos, Orlando Júnior
Allegretti, Giovanni
Keywords: Copa do Mundo FIFA; Desenvolvimento Urbano; Estudo de Casos Múltiplos; Transferibilidade; África do Sul; Brasil; FIFA; World Cup; Urban Development; Multiple Case Study; Transferability; South Africa; Brazil
Issue Date: 15-Feb-2019
Abstract: A tese de Doutorado intitulada Seremos Campeões? O Desenvolvimento Urbano e a Copa do Mundo FIFA em um Estudo da África do Sul e do Brasil investiga como a Copa do Mundo FIFA contribui para reconfigurar as cidades-sede do megaevento. Sob o suporte dos parâmetros substantivos da qualidade de vida e da justiça social, a presente tese acessa desenvolvimento urbano associativo através das transformações ocorridas no espaço urbano de quatro cidades-sede do megaevento. Assim, a busca empírica por elementos de transferibilidade associadas as cidades-sede da Copa do Mundo FIFA conta com uma metodologia de estudo de casos múltiplos e um protocolo específico de coleta e análise de dados provenientes das cidades sul-africanas de Joanesburgo e da Cidade do Cabo, bem como das cidades brasileiras do Rio de Janeiro e de São Paulo. O estudo possui também um recorte investigativo que se estrutura através do eixo temático da Infraestrutura – com enfoque nos Estádios e Mobilidade Urbana –, do Trabalho – com enfoque no Trabalho Informal – e da Moradia – com enfoque na Moradia Precária. Por meio de uma análise sistêmica dos processos de continuidade e de descontinuidade das políticas urbanas, acaba-se por compreender o desenvolvimento urbano associativo tanto através de uma perspectiva teórico-abstrata quanto por meio de uma realidade concreta e procedimental. Por esse motivo, a investigação busca suporte na literatura direcionada ao planejamento urbano, mais teóricos e abstratos, bem como em investigações da sociologia urbana, mais direcionadas a mudanças e impactos socioespaciais. Ao longo do estudo, busca-se verificar a hipótese central de que a Copa do Mundo FIFA teria a capacidade de operar como um catalisador de reformas pró-mercado, através do suporte de uma democracia de baixa intensidade que normatiza a acumulação por despossessão da gramática capitalista ao desenvolvimento urbano contemporâneo. Ao se examinar a hipótese central, fez-se também necessário dedicar um capítulo para melhor compreender a Federação Internacional de Futebol Associado – FIFA. Duas inquietações guiam a pesquisa. A primeira inquietação consiste em verificar se o fenômeno efetivamente cumpre com sua missão de “proteger e promover o desenvolvimento humano, social e econômico" (FIFA, 2005). A segunda e mais abrangente inquietação baseia-se no fato de que, nesse momento, a maioria da população mundial vive em áreas urbanas que, apesar de também concentrarem boa parte do capital global, ainda carecem de uma mínima distribuição igualitária dos bens sociais. Nesse sentido, o presente estudo possui a fundamental esperança de que, ao investigar-se o fenômeno, em contexto de periferia do capital global, possa-se não somente contribuir para uma melhor compreensão das dinâmicas operativas da opressão social contidas na interação entre Capital, Estado e Sociedade, mas também possa servir como estímulo ao pensamento alternativo e utópico, indispensável a sua própria resistência.
The PhD Thesis named as Will we be champions? Urban development and the FIFA World Cup in a study of South Africa and Brazil, investigates how the FIFA World Cup contributes to reconfigurate the mega event cities hosts. Under the support of quality of life and social justice substantive parameters, this thesis accesses associated urban development of the transformations suffered by urban space in the four cities that host the mega event. Therefore, the empirical quest for transferability of elements associated to the cities that host the FIFA World Cup includes a multiple case study and methodology and a specific protocol of data collection and analysis of data coming from the South African cities of Johannesburg and Cape City, as well as the cities of Rio de Janeiro and São Paulo. The study also has an investigative cut that is structured by the thematic axis of infrastructure, analyzing the Stadiums and Urban mobility, Labour, aiming to examine informal employment, and Housing, focusing on precarious housing conditions. Throughout a systemic analysis of continuity and discontinuity processes of urban policies, it´s possible to understand the associated urban development as well as in a theoretical and abstract perspective as in a concrete and procedural reality. That´s the reason why investigation searches for support in the literature focused on urban planning, that are more theoretical and abstract, as well as in urban sociology, more directed to changes and socio-spatial impacts. In the course of the study, we tried to verify the central hypothesis that the FIFA World Cup would have the capacity to operate as a catalyst of pro market reforms by a low intensity democracy that regulates the capital accumulation of the contemporary urban development. When analyzing the central hypothesis, it was also made necessary to dedicate a chapter to better understand what FIFA really consists in. Two major concerns guide the research. The first one consists in verifying if the event fulfills its aim to "protect and promote the human, social and economic development" (FIFA 2005).The second and in-depth (more important) one, is the realization that the largest part of world population still lives in urban areas lacking the minimum egalitarian distribution of social assets, even if the cities concentrate the most part of the global capital. So, this study is embedded with the hope that investigating this phenomenon, inserted in the context of global capital periphery, it would not only contribute to a better understanding of the operative dynamics of the social oppression present in the interaction of Capital, State and Society, but that could also serve as an incentive in the direction of an utopian and alternative thinking, indispensable to its own resistance.
Description: Tese de Doutoramento em Democracia no Século XXI, apresentada à Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/87494
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Teses de Doutoramento
FEUC- Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Seremos campeões.pdf4.37 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

31
checked on Nov 13, 2019

Download(s)

13
checked on Nov 13, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.