Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/87235
Title: Criando uma desvantagem? A regulação contratual das práticas suberícolas em Espanha e Portugal (1852-1914)
Authors: Faísca, Carlos Manuel
Keywords: Cortiça; Gestão do Montado de Sobro
Issue Date: 2015
Publisher: Imprensa da Universidade de Coimbra
Serial title, monograph or event: Revista Portuguesa de História
Issue: 46
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Atualmente Portugal lidera, a nível mundial, todas as facetas do negócio corticeiro, desde o mercado florestal, passando pela transformação industrial, até à comercialização dos produtos de cortiça. A este cenário não é alheio o facto de ser em Portugal que o sobreiro encontra as melhores condições para o seu desenvolvimento. Porém, até aos anos 30 do século XX, este papel foi desempenhado por outros países, sobretudo Espanha, sendo que importa isolar os fatores que contribuíram para esta situação. Um deles poderá corresponder às más práticas silvícolas não só na extração da cortiça, mas também na falta de incentivos para uma correta expansão da área de sobreiro. São precisamente estes fatores que o presente artigo procura aferir através da análise de um milhar de contratos de arrendamento e/ou compra de cortiça, celebrados em duas das principais regiões produtoras de cortiça em Portugal – Alto Alentejo – e em Espanha – Extremadura e Andaluzia –, obtendo-se, desta forma, uma perspetiva comparada entre as duas realidades.
URI: http://hdl.handle.net/10316/87235
ISSN: 0870-4147
DOI: http://dx.doi.org/10.14195/0870-4147_46_21
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CHSC - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat
23 Criando uma desvantagem.pdf463.19 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

120
checked on May 20, 2020

Download(s)

54
checked on May 20, 2020

Google ScholarTM

Check

Altmetric

Altmetric


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.