Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/84799
Title: Avaliação nas Organizações do Terceiro Setor: Contextos, discursos e práticas
Authors: Lopes, Mónica Catarina do Adro 
Orientador: Ferreira, Virgínia
Keywords: terceiro setor; avaliação; medição; desempenho; impacto; prestação de contas; aprendizagem organizacional
Issue Date: 25-Jan-2018
Project: info:eu-repo/grantAgreement/FCT/SFRH/SFRH/BD/74823/2010/PT/CULTURA ORGANIZACIONAL E AVALIAÇÃO NO TERCEIRO SECTOR 
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A avaliação tem assumido uma importância crescente nas organizações do terceiro setor (OTS) em resultado dos desafios originados por uma nova relação com o Estado e outras entidades financiadoras, e das transformações ocorridas no seio do próprio setor. Articulando um conjunto amplo de perspetivas teóricas e analíticas, radicadas em campos do conhecimento diversos, o estudo propôs-se perscrutar motivações, práticas e usos da avaliação nas OTS portuguesas, desvelando lógicas e racionalidades associadas às modalidades de avaliação adotadas, e refletindo sobre as suas implicações na identidade do setor. A estratégia de pesquisa assentou na análise interpretativa das fontes documentais e dos registos orais das entrevistas semiestruturadas realizadas a 45 atores dos campos da avaliação e do terceiro setor, e na aplicação de um inquérito por questionário online a representantes de 575 OTS. O estudo é, grosso modo, revelador da ainda frágil cultura de avaliação nas organizações estudadas, em que a subscrição efusiva da retórica da avaliação não ecoa no investimento que é feito na integração de práticas consistentes e na criação de estruturas próprias de avaliação potenciadoras de processos de aprendizagem ao serviço das suas missões. A análise permitiu desvelar a implicação e relevância de uma diversidade de fatores, quer associados ao ambiente interno, quer associados ao contexto ambiental e institucional, na composição deste retrato geral, assim como na definição de tipologias de avaliação e diferentes perfis organizacionais. Ao mesmo tempo que evidencia a centralidade das pressões institucionais na configuração das práticas e representações sobre avaliação, especialmente as associadas ao financiamento, o estudo sublinha a relevância do papel dos fatores contingenciais internos e da cultura organizacional na mediação dos efeitos do ambiente externo na internalização da avaliação.
Recent changes both within third sector organizations (TSO) and in the relationship between TSO and the State and other funding bodies have increased the importance of evaluation practices. Making use of different theoretical and analytical perspectives, this research aims to study the motivations, the practices and the uses of evaluation by Portuguese OTS. This is intended to expose the logics and different rationalities associated with the evaluation practices adopted and to disclose its implications upon the identity of the TSOs. The research strategy has been based on secondary data analysis, 45 semi-structured interviews with different agents of the evaluation and the third sector fields, and an on-line questionnaire to 575 OTS representatives. The analysis of collected data revealed that the actual evaluation culture is still very fragile in the studied organizations. Despite the effusive discourses towards the adoption of an evaluation culture within TSO, there isn’t a consistent adoption of evaluation practices or the development of infrastructures to support them, which would allow organizational learning and mission achievement. The study has shown the influence of a diversity of internal and external factors upon the reported evaluation practices, as well as upon the definition of evaluation typologies and organization’s profiles. The analysis has highlighted the significance of institutional pressures in the configuration of both evaluation practices and the ways they are envisaged, especially those associated with funding. However, this study has also underscored the relevance of internal contingency factors and TSO organizational culture in mediating the effects of the external environment towards on the internalization of evaluation.
Description: Tese de Doutoramento em Sociologia, Cidades e Culturas Urbanas, apresentada à Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra.
URI: https://hdl.handle.net/10316/84799
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Teses de Doutoramento
UC - Teses de Doutoramento
FEUC- Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese de Doutoramento ML Volume I.pdf3.41 MBAdobe PDFView/Open
Tese de Douturamento ML Volume II.pdf1.39 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

638
checked on Apr 9, 2024

Download(s) 50

813
checked on Apr 9, 2024

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.