Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/825
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorFigueiredo, Maria Helena Lopes de-
dc.date.accessioned2008-12-04T14:40:53Z-
dc.date.available2008-12-04T14:40:53Z-
dc.date.issued1992en_US
dc.identifier.citationFIGUEIREDO, Maria Helena Lopes de - Detecção e localização do citocromo P450 II B1 no pulmão: Estudo por imuno-citoquímica e por hibridação molecular. Coimbra, 1992. 391 p.-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/825-
dc.description.abstractA detecção e localização no pulmão do sistema de mono-oxigenases dependentes do citocromo P450 reveste-se de primordial importância, considerando o relevante papel destes enzimas nos processos de destoxicação, ou activação, de um grande número de xenobióticos. O presente trabalho engloba um conjunto de estudos que tiveram como objectivo principal uma análise da expressão génica do citocromo P450 II B1 no pulmão, recorrendo a métodos imunocitoquímicos e de hibridação molecular. A detecção e quantificação microdensitométrica da reacção imunocitoquímica, efectuada em cortes de pulmão, com recurso ao método de ABC, evidenciou uma forte marcação nas células de Clara, uma marcação menos intensa nos pneumócitos de tipo II e de um modo ainda menos exuberante, mas positivo, nas células ciliadas. A validade dos resultados obtidos em microscopia de luz foi comprovada em microscopia electrónica, pelo método de pré-inclusão com PAP. O trabalho experimental efectuado demonstrou que o citocromo P450 II B1 existe de forma constitutiva no pulmão de rato e que, embora apresente um alto conteúdo nas células de Clara, foi também possível detectar a sua presença nos pneumócitos de tipo II e nas células ciliadas, ainda que em menor concentração. Em complemento aos estudos imunocitoquímicos e para elucidar os mecanismos subjacentes ao aparecimento do citocromo P450 II B1 no pulmão, procedeu-se à detecção do RNA mensageiro que codifica para esta proteína. A análise dos resultados obtidos em cortes de pulmão, com o método de hibridação in situ, revelou a presença de mRNA do citocromo P450 II B1 na maioria das células epiteliais do revestimento bronco-alveolar, demonstrando que o gene do citocromo P450 II B1 se encontra activo na quase totalidade das células que formam este epitélio, à excepção dos pneumócitos de tipo I. O padrão e intensidade da marcação autorradiográfica, observado após a reacção de hibridação in situ, sugere que o RNA mensageiro que codifica para o citocromo P450 II B1 se encontra presente, com valores muito semelhantes, na maioria das células de revestimento da porção condutora intra-pulmonar. Os resultados observados por hibridação in situ, em conjunto com as imagens obtidas por imunocitoquímica, apontam para a existência de diferentes e complexos mecanismos de regulação da expressão génica do citocromo P450 II B1 nas várias células de revestimento bronco-alveolar.en_US
dc.language.isoporpor
dc.rightsembargoedAccesseng
dc.subjectCiências Morfológicas (Histologia e Embriologia)en_US
dc.titleDetecção e localização do citocromo P450 II B1 no pulmão: Estudo por imuno-citoquímica e por hibridação molecularen_US
dc.typedoctoralThesisen_US
item.fulltextSem Texto completo-
item.grantfulltextnone-
item.languageiso639-1pt-
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Doutoramento
Show simple item record

Page view(s)

111
checked on Sep 22, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.