Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/81313
Title: Bactérias magnetotáticas e suas aplicações
Authors: Pinto, Mariana Monteiro Pereira Vieira 
Orientador: Silva, Gabriela Jorge da
Keywords: Bactérias gram-negativas; Magnetossomos; Sistemas de libertação de medicamentos; Hipotermia induzida; Imagem por ressonância magnética
Issue Date: Sep-2015
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Desde a descoberta da existência do campo magnético do Planeta Terra, começou-se a questionar a sua importância e influência sobre a vida e os sistemas biológicos. Apesar de já muito ter sido descoberto, ainda muito se encontra por estudar e restam muitas questões por responder sobre assunto. Uma das grandes descobertas que veio provar a existência de uma forte relação entre o campo magnético e a vida foi a descoberta da existência de bactérias magnetotáticas. As bactérias magnetotáticas consistem num grupo de bactérias capazes de sintetizar nanopartículas magnéticas, denominadas de magnetossomas, que lhes conferem a capacidade de se moverem não só na direção do campo magnético terrestre, mas também na direção de campos magnéticos induzidos. Estas propriedades deste grupo de bactérias fornecem-lhes características únicas que podem ser aproveitadas e com aplicabilidade em diversos campos de ação interessantes, particularmente no campo da medicina, onde estas bactérias e os seus magnetossomas podem desempenhar funções de transporte de fármacos, serem usados em ressonância magnética ou até mesmo em terapia oncológica.
Since the discovery of the existence of the Earth’s magnetic field, scientists started questioning themselves about its importance and influence in life and the living systems. Though there is a good deal of things that have already been discovered, there is so much more that needs to be studied since there is still a lot questions unanswered. One of the huge findings that proved the existence of a strong relation between the magnetic field and life was the discovery of magnetotactic bacteria. Magnetotactic bacteria are a group of bacteria capable of synthesizing magnetic nanoparticles, known as magnetosomes that give them the ability of moving not only in the direction of the Earth’s magnetic field but also in the direction of induced magnetic fields. These properties give to this group of bacteria very unique characteristics that we can take advantage of, with applicability in very diverse application fields, particularly in the medicine field, where these bacteria and their magnetosomes can perform functions as drug carriers and can be used in magnetic resonance and in oncological therapy.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade de Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/81313
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Mon_Mariana Pinto.pdf2.07 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

345
checked on Jul 2, 2020

Download(s) 50

447
checked on Jul 2, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.