Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/79830
Title: O papel do óxido nítrico, stress oxidativo e excitotoxicidade na esclerose múltipla
Authors: Losa, Ana margarida Santos Barros de Areia 
Orientador: Barbosa, Rui Manuel
Keywords: Esclerose múltipla; Terapia; Óxido nítrico
Issue Date: Sep-2014
Keywords: Esclerose múltipla; Terapia; Óxido nítrico
Issue Date: Sep-2014
Abstract: A esclerose múltipla (EM) é uma doença neurodegenerativa autoimune que provoca a longo prazo disfunção e incapacidade progressiva devido à ocorrência de um processo inflamatório, o qual causa infiltração linfocitária e dano neuronal, em particular nos axónios e mielina. A doença é desencadeada por uma série de factores, entre os quais: susceptibilidade genética, infeções virais, défice de vitamina D, assim como factores ambientais. O óxido nítrico (NO) formado pela sintase do óxido indutível (iNOS) é frequentemente detetado nos locais onde decorrem processos inflamatórios, quer por métodos diretos quer através dos produtos resultantes da sua oxidação. O objetivo desta monografia visa dar ênfase ao papel do NO e seus derivados, designadamente ao peroxinitrito, no processo patológico subjacente à esclerose múltipla. Tal pode ser devido a fenómenos subjacentes a este, tais como o stress oxidativo e a excitotoxicidade. O estudo destes processos, assim como dos seus intervenientes permitirá o desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas para esta doença neurodegenerativa.
Multiple Sclerosis (MS) is an autoimune disorder that causes progressive disability. It is caused by inflamation, which causes lymphocytic infiltration that eventually leads to damage of axons and myelin. It is triggered by a number of environmental factors, genetic susceptibility, viral infection and lack of vitamin D. Nitric Oxide (NO) is mainly produced by the inducible form nitrite oxide synthase (iNOS), found in tissues where inflammation is occurring. It can be measured directly or indirectly through its oxidation products (NOX). The purpose of this review is to emphasize the role of NO and its oxidation products such as peroxynitrite in the pathological process underlying MS. The study of this process in addition to the oxidative stress and excitotoxicity allow the development of new therapeutic strategies for this neurodegenerative disorder.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade de Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/79830
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
M_Ana Margarida Losa.pdf501.88 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

62
checked on Aug 12, 2019

Download(s) 50

241
checked on Aug 12, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.