Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/699
Title: A Madeira e a construção do mundo Atlântico : séculos XV-XVII
Authors: Silva, José Manuel Azevedo e 
Orientador: Santos, João Marinho dos
Keywords: História Moderna e Contemporânea; Madeira, arquipélago -- séc.15-17
Issue Date: 14-Dec-1993
Abstract: O objectivo desta dissertação é o estudo da história do arquipélago da Madeira, como espaço participante da e na construção do Mundo Atlântico, no decurso dos séculos XV a XVII. Não se trata, pois, de uma monografia e sim do estudo histórico de um espaço insular aberto ao mar e aos mundos que através dele comunicam. Privilegiando a abordagem sistémico-globalizante, a obra abarca a referida realidade histórica pelo desenvolvimento de doze capítulos, agrupados em quatro partes: o espaço, a economia, a sociedade e a ritualidade. Assim, o autor começa por captar o espaço e o ecossistema primitivo, despovoado, encontrado pelos portugueses, em 1419, os quais, desde logo, se mostraram empenhados na organização e construção desse mesmo espaço, pela "domesticação" da energia selvagem. De igual modo, detecta os povoadores/sesmeiros nos esforçados trabalhos do derrube da densa floresta madeirense, do arroteamento e do cultivo da terra, da construção dos "poios", das levadas, dos caminhos, das pontes, das habitações, dos templos, das fortificações. No domínio da economia, este estudo trata da estrutura agrária, dos frutos da terra e dos frutos do mar, dos problemas da mão-de-obra e sua relação com a produção, transformação e comercialização dos bens. E dedica especial atenção à actividade mercantil, aos problemas do abastecimento interno, ao comércio externo e ao tráfego marítimo, às questões da moeda, do crédito, dos preços, dos salários, sem esquecer a organização das finanças públicas, os réditos e as despesas senhoriais, eclesiásticas, reais/estatais e municipais, bem como a estrutura do aparelho fiscal. Quanto à sociedade, depois de abordar a evolução demográfica, o autor procura captar a estrutura social e a sua (i)mobilidade, estuda as questões de saúde e da organização das instituições de assistência médico-social, e embrenha-se na complexa teia das relações de poder/poderes e da organização político-jurídica e militar. Por último, na esfera da espiritualidade, o autor estuda as questões relacionadas com a organização cultural (os problemas do ensino, a produção literária, a cultura popular e as manifestações etnográficas e artísticas, os tempos de lazer e as actividades lúdicas), penetra no foro da organização religiosa através do estudo das estruturas clericais e das práticas religiosas e aventura-se no terreno resvaladiço das mentalidades e do imaginário.
Description: Tese de doutoramento em História Moderna e Contemporânea apresentada à FLUC
URI: http://hdl.handle.net/10316/699
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de História - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
JMASilva.pdf1.48 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

466
checked on Jan 22, 2020

Download(s) 50

330
checked on Jan 22, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.