Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/48569
Title: Modelos animais em oncologia
Authors: Barros, Oriana Miranda 
Orientador: Moreira, João Nuno
Keywords: Oncologia; Animais de laboratório; Modelos animais
Issue Date: Sep-2016
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A presente monografia pretende explorar a dificuldade de transposição da informação obtida durante a fase pré-clínica para os ensaios clínicos. Muitos estudos na fase pré-clínica apresentam resultados promissores. No entanto, por vezes, os ensaios clínicos não são bem-sucedidos. A que é que isto se deve? Porquê que a fase pré-clínica não consegue antever o fracasso que por vezes se verifica nos ensaios clínicos? O que é que pode ser feito futuramente para contrariar esta situação? Estas são algumas questões que precisam de ser discutidas para se poder evoluir no sentido da otimização dos modelos animais usados na investigação em oncologia, para que estes sejam capazes de mimetizar o melhor possível a doença humana. É fulcral a escolha adequada do modelo animal a utilizar na fase pré-clínica. Esta monografia incide nos modelos de murganho, uma vez que são os modelos animais mais utilizados em investigação. Este assunto adquire especial relevo, uma vez que a indústria farmacêutica perde milhões de euros em ensaios clínicos falhados. Se os modelos animais fossem mais preditivos, esta situação seria evitada e a indústria farmacêutica poderia investir no estudo de fármacos mais promissores.
The present monograph wants to explore the translation difficulty in the information obtained during the preclinical phase for the clinical trials. Many studies in their preclinical phases present promising results. Meanwhile, sometimes, clinical trials were not successful. What is the reason for this? Why does the preclinical phase not foresee the failure sometimes it can be seen in the clinical trials? What can be done, in the future, to contradict this situation? These are some questions that need to be discussed in order to able to be developed in the sense of the animal models optimization, used in the oncology research. This way, they can be able to mimic the human disease the best possible. It is decisive the proper choice to the animal model to be used in the preclinical phase. This monograph falls upon in the mouse models, once these are the animal models the most used in research. This subject gets special importance, as the pharmaceutical industry loses millions of Euros in failed clinical trials. If model animals were more predictive, this situation would be avoided and pharmaceutical industry could invest in more promising medication study.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade de Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/48569
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
M_ Oriana.pdf592.53 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

375
checked on Dec 3, 2019

Download(s) 50

234
checked on Dec 3, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.