Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/48069
Title: Utilização de Informação Geográfica Voluntária para a Criação/Validação de Mapas de Cobertura e Uso do Solo
Authors: Fonte, Cidália Costa 
Keywords: Informação Geográfica Voluntária; Mapas de cobertura/uso do solo; Treino; Validação
Issue Date: Jul-2017
Project: info:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147388/PT 
Serial title, monograph or event: IV Simpósio Brasileiro de Geomática – SBG2017 / II Jornadas Lusófonas - Ciências e Tecnologias de Informação Geográfica - CTIG2017
Place of publication or event: Presidente Prudente - São Paulo
Abstract: Atualmente está disponível uma grande variedade de Informação Geográfica Voluntária (IGV), que vai desde fotografias e descrições georreferenciadas até mapas vetoriais. A partir de algumas dessas fontes de dados é possível extrair informação sobre a cobertura e uso do solo, que pode ser útil de várias formas para a produção de mapas de cobertura e uso do solo, por exemplo, através da identificação de áreas de treino para a classificação de imagens de satélite, construção de bases de dados de referência para a validação dos mapas ou até mesmo a criação destes mapas diretamente a partir da IGV. No entanto, várias questões são levantadas pelo uso deste tipo de dados. Neste artigo é explicado o potencial e as limitações do uso da IGV para auxiliar na criação de mapas de cobertura e uso do solo. São identificadas iniciativas que fornecem dados potencialmente úteis, são apresentados exemplos de aplicação de IGV para a criação e validação de mapas de cobertura e uso do solo e são identificados algumas questões que requerem mais investigação.
A large variety of Volunteered Geographical Information (VGI) is currently available, ranging from geo-referenced photographs and descriptions to vector maps. From some of these sources of data it is possible to extract land use and land cover information, which may be useful for the production of Land Use/Cover Maps in several ways, such as, for example, the identification of training sites for the classification of satellite imagery, construction of reference databases for their validation or even the creation of these maps directly from VGI. However, several issues are raised by the use of this type of data. In this article the potential and limitations of the use of VGI to assist in the creation of LCM is explained. Initiatives that provide data potentially useful are identified, examples of application of VGI for the creation and validation of LULC maps are presented and topics that need further research are pointed out.
URI: http://hdl.handle.net/10316/48069
ISSN: 1981-6251
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D INESCC - Artigos e Resumos em Livros de Actas

Files in This Item:
File Description SizeFormat
2017_SBG_CTIG_paper_75.pdf482.54 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

73
checked on Sep 18, 2019

Download(s) 50

188
checked on Sep 18, 2019

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons