Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/47245
Title: Tuberculose : novas abordagens terapêuticas
Authors: Serras, Catarina Gaspar Lobato 
Orientador: Cabral, Ana Maria Telmo Dias Pereira
Keywords: Tuberculose; Terapia
Issue Date: Jul-2016
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Atualmente, a tuberculose permanece um problema mundial de saúde pública que afeta milhares de pessoas todos os anos em todo o mundo, continua a ser a segunda maior causa de morte por doença infeciosa a seguir ao vírus da imunodeficiência humana (HIV), tendo sido declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como emergência mundial, continua a ser difícil o seu controlo em muitas partes do mundo. A tuberculose é uma doença infeciosa, que tem como agente etiológico a Mycobacterium tuberculosis [1]. Apesar de ser uma doença registada á mais de seis mil anos, somente nos últimos cinquenta se iniciou a descoberta de terapêuticas eficazes para o seu tratamento. Seis décadas depois de encontrada a cura para a doença, a tuberculose ainda mata anualmente milhões de pessoas. Os agentes patogénicos tendem a desenvolver resistências aos fármacos usados para os tratar e a tuberculose não é exceção. A emergência da resistência aos fármacos contra a tuberculose tornou-se um grave problema, e um verdadeiro obstáculo para o controlo efetivo da tuberculose. Segundo a OMS, a chave para o controlo da tuberculose encontra-se na rápida deteção e na cura da maioria dos casos infeciosos, através de Programas Nacionais de Controlo da Tuberculose [2,3,4]. Existe claramente uma necessidade urgente de melhorar o tratamento quer por descoberta de novos fármacos capazes de apresentarem menores efeitos indesejáveis, maior eficácia, menor tempo de tratamento e custo reduzido, quer por melhoramento dos já existentes. A presente monografia constitui uma visão sobre os fármacos de referência já existentes referindo os seus mecanismos de ação, assim como as novas terapêuticas farmacológicas em fase de estudo.
Currently, tuberculosis remains as a worldwide public health problem that affects thousands of people every year in all the world and still is the second leading cause of death by infectious disease following the human immunodeficiency virus (HIV). It has been declared by the world Health Organization (WHO) a global emergency, as it control continues to be difficult in many parts of the world. Tuberculosis is an infectious disease that has as etiologic agent Mycobacterium tuberculosis [1]. Despite being a registered disease for more than six thousand years, only in the last fifty began the discovery of effective therapies for its treatment. Six decades after the disease cure finding, TB still kills millions of people annually. The pathogens agents tend to develop resistance to drugs used to treat them and tuberculosis isn’t an exception. The emergence of tuberculosis drug resistance has become a serious problem and a real obstacle to effective TB control. According to WHO, the key to control tuberculosis is the rapid detection and cure of most infectious cases through national programs for TB control[2,3,4]. There is clearly an urgent need to improve treatment or by the discovery of new drugs capable of presenting fewer side effects, greater efficacy, less treatment time and reduced cost or by improving the current. This monograph provides an insight into the existing reference drugs and their mechanisms of action, as well as new drug therapies under study.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade de Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/47245
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
M_Catarina Serras.pdf3.08 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 10

728
checked on Jun 30, 2020

Download(s) 50

258
checked on Jun 30, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.