Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/43695
Title: Redes de suporte social e (in)acesso a direitos em famílias monoparentais femininas
Authors: Guadalupe, Sónia 
Tavares, Sandra 
Monteiro, Rosa 
Keywords: Monoparentalidade; Vulnerabilidade social; Rede de suporte social; Iliteracia em direitos; Single parenthood; Social vulnerability; Social support network; Illiteracy on rights
Issue Date: 2015
Publisher: Universidade Estadual de Londrina
Serial title, monograph or event: Serviço Social em Revista
Volume: 17
Issue: 2
Place of publication or event: Londrina
Abstract: O estudo caracteriza as redes de suporte social e o (in)acesso a direitos de famílias monoparentais femininas em situação de vulnerabilidade social. A amostra de 29 mulheres beneficiárias de um banco de recursos da zona centro de Portugal, é constituída na maioria por mães divorciadas, com idades entre os 18 e os 61 anos, com baixos níveis de escolaridade e predominantemente desempregadas. Os resultados revelam desproteção familiar, sendo que a maioria não beneficia de direitos consagrados, experienciando privação material. As redes de suporte informal são pequenas e coesas, centradas nas relações familiares, verificando-se uma forte reciprocidade mas níveis moderados de apoio emocional e baixos de apoio material/instrumental e informativo, não representando um apoio compensatório da situação de vulnerabilidade social. Urgem políticas públicas que potenciem uma efetiva proteção social das mulheres e crianças desta configuração familiar e estratégias de intervenção emancipadoras que ultrapassem a iliteracia em direitos e favoreçam a cidadania.
The study characterizes social support networks and the access to social rights of socially vulnerable female single-parent families. A sample of 29 women beneficiaries of a social service of central Portugal, consists mostly of divorced mothers, aged 18 to 61 years old, with low levels of education and predominantly unemployed. The results reveal family unprotected, who are not benefiting from recognized rights, experiencing material deprivation. The informal support networks are small and cohesive, focused on family relationships, with a strong reciprocity but moderate levels of emotional support and low material/instrumental and informative support, and does not represent a compensatory support of the vulnerability. Urge public policies that foster effective social protection of women and children in this family configuration and emancipatory intervention strategies beyond illiteracy on rights that promote citizenship.
URI: http://hdl.handle.net/10316/43695
ISSN: 1679-4842
Other Identifiers: 10.5433/1679-4842.2015v17n2p41
DOI: 10.5433/1679-4842.2015v17n2p41
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Artigos em Revistas Internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Redes de suporte social e in_acesso a direitos em famílias monoparentais femininas.pdf376.66 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

294
checked on Nov 19, 2019

Download(s) 50

195
checked on Nov 19, 2019

Google ScholarTM

Check

Altmetric

Dimensions


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons