Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/42155
Title: A cartografia e os mapas enquanto ferramentas de análise do social: Releitura a partir de algumas das contribuições facultadas por Boaventura de Sousa Santos
Authors: Freitas, Francisco 
Keywords: Mapa; Cartografia; Cartografia Simbólica; Sistemas de Projeção; Sul Global; Map; Mapping; Symbolic Cartography; Projection systems; Global South
Issue Date: Jun-2015
Publisher: Centro de Estudos Sociais
Journal: http://hdl.handle.net/10316/42148
Serial title, monograph or event: Colóquio Internacional Epistemologias do Sul: aprendizagens globais Sul-Sul, Sul-Norte e Norte-Sul - Actas
Volume: 1
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Os mapas ou cartogramas constituem elementos de comunicação e representação sobre o real. São ferramentas de leitura do espaço e, por inerência, de leitura do tempo, mas serão sobretudo ferramentas da análise das intrincadas relações estabelecidas entre estes dois conceitos. Constituem instrumentos para leitura do intangível e do desconhecido. Permitem visibilizar, permitem invisibilizar, podem fornecer sentido a um lugar pela sua construção simbólica ou, por outro lado, objetar a sua leitura. Têm servido múltiplos campos do conhecimento e a sua presença hoje é, no mínimo, alargada - quase todos recorremos a mapas de natureza diversa em menor ou maior grau de aquiescência. Os mapas, na sua ligação ao direito internacional, foram e continuam a ser instrumentos primeiros de afirmação de poder. Constituem, desde há muito, ferramentas de emancipação. Podem, como tal, constituir ferramentas de resposta ao desafio essencial de reforço de formas alternativas de pensar alternativas, tal como é sugerido por Boaventura de Sousa Santos. O papel da cartografa relativamente aos modos de produção de poder ou na sua ligação ao direito e ao direito internacional já foi alvo de uma exaustiva análise por parte de Boaventura de Sousa Santos (1987; Santos 1988; Santos 1995). Partindo destas formulações, a proposta constante deste ensaio constará de duas dimensões distintas. Por um lado, haverá espaço para uma tentativa de apreender o significado dos mapas enquanto mecanismos da representação e construção do real. Por outro lado, será visada uma discussão sobre alguns dos significados diretamente derivados da cartografa, concretamente algumas das divisões instituídas e quais os fundamentos históricos das mesmas.
The maps, or cartograms are elements of communication and representation on the real. Are reading tools of space and, by extension, the reading time, but will be especially intricate analysis tools relations established between these two concepts. Constitute instruments for reading of intangibles and the unknown. Allow you to visualize, allow making, can provide meaning to a place for their capital buildings or, on the other hand, object to read. Have served multiple fields of knowledge and your presence today is, at least, extended-almost all we use maps of diverse nature to a lesser or greater degree of acquiescence. The maps, in its connection to the international law, have been and continue to be first instruments to claim power. Are long, tools of emancipation. Can, as such, constitute essential tools for response to the challenge of strengthening of alternative ways of thinking about alternatives, as suggested by Boaventura de Sousa Santos. The role of cartography in relation to production modes of power or connection to law and international law has been the subject of an exhaustive analysis by Boaventura de Sousa Santos (1987; Santos 1988; Santos 1995). Leaving these formulations, the proposal in this essay will appear in two distinct dimensions. On the one hand, there will be space for an atempt to apprehend the meaning of maps as mechanisms of representation and construction of reality. On the other hand, will be aimed at a discussion about some of the meanings directly derived from the mapping, specifically some of the divisions imposed and which the historical foundations of the same.
URI: http://hdl.handle.net/10316/42155
ISBN: 978-989-95840-5-1
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Artigos e Resumos em Livros de Actas

Files in This Item:
File Description SizeFormat
A Cartografia e os Mapas enquanto Ferramentas de Análise do Social.pdf1.11 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

97
checked on Jan 23, 2020

Download(s)

60
checked on Jan 23, 2020

Google ScholarTM

Check

Altmetric


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.