Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/41895
Title: Cuidados dermocosméticos da rosácea
Authors: Gonçalves, Maria Manuel Baía de Melo Magalhães 
Orientador: Pina, Maria Eugénia Soares Rodrigues Tavares
Keywords: Rosácea; Cosméticos; Administração tópica
Issue Date: Jul-2016
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A rosácea é uma dermatose inflamatória crónica, que afeta principalmente a zona central da cara, caracterizada por eritema, pápulas, pústulas, telangiectasias e nódulos. Surge entre os 30-50 anos de idade, geralmente, em pessoas de pele clara e é característica de uma pele sensível. É uma doença que conta com períodos de exacerbação de sinais e sintomas alternados com períodos de remissão. A etiologia e a fisiopatologia ainda não são totalmente conhecidas, mas parecem ser multifatoriais. Esta afeção cutânea causa impacto negativo na qualidade de vida dos doentes dado que a sua pele fica visivelmente alterada o que causa desconforto social. O ser humano desde sempre integrou os cosméticos nos seus hábitos quotidianos. Com a evolução científica e tecnológica surgiram os cosmecêuticos ou dermocosméticos que excedem apenas o embelezamento e a limpeza característicos dos cosméticos tradicionais. Estes produtos assumem um papel relevante no controlo de muitas doenças de pele, com benefícios cutâneo e terapêutico da pele, tendo já sido evidenciadas a capacidade de aumentar a eficácia da terapia tópica e diminuição dos efeitos adversos. O tratamento e sucesso em manter a rosácea num estado remissivo abrange três grandes segmentos: tratamento farmacológico, cuidados dermocosméticos e educação do doente. Isolados ou como complemento da terapia sistémica ou oral, os cuidados referidos são parte integrante do plano de tratamento da rosácea que na realidade, melhoram a qualidade de vida do doente, autoestima, aspeto estético e ajudam a prevenir complicações. O objetivo destes cuidados na rosácea é o de restabelecer o equilíbrio da pele, diminuindo a inflamação subjacente, sensibilidade e desidratação. Nesta monografia pretende-se que sejam destacados os produtos de dermocosmética e cuidados a observar, que reduzem o desconforto e trazem benefício à pele reativa e sensível da rosácea. Adicionalmente, é referido o modo como o farmacêutico, agente de saúde pública, pode e deve interferir no aconselhamento e no apoio ao doente aquando da dispensa de medicação oral ou tópica para esta patologia.
Rosacea is a chronic inflammatory skin disease, which mainly affects the central area of the face, is characterized by erythema, papules, pustules, telangiectasia and nodules. Arises between 30-50 years of age, usually in fair-skinned people and is characteristic of a sensitive skin. It is a disease that has periods of exacerbation of signs and symptoms alternate with periods of remission. The etiology and pathophysiology are not yet fully known, but appear to be multifactorial. This impairment causes cutaneous adverse impact on quality of life of patients since their skin is visibly altered causing social discomfort. The human being has always integrated the cosmetics in their daily habits. With the scientific and technological developments emerged cosmeceuticals or dermocosmetics, exceeding only the beautification and cleaning characteristic of traditional cosmetics. These products play an important role in the control of many skin diseases, skin and therapeutic benefits have been evidenced the capability to increase the efficacy of topical therapy and reduction of adverse effects. Treatment and success in keeping rosacea in remitting state encompasses three major segments: pharmacological treatment, dermatological care and patient education. Alone or as a complement to systemic or oral therapy, such care is an integral part of rosacea treatment plan that actually improve the patient's quality of life, self-esteem, aesthetic appearance and help prevent complications. The purpose of such care in rosacea is to restore the balance of the skin, reducing the underlying inflammation, sensitivity and dehydration. This monograph is intended to be marked with dermocosmetics and care to observe that reduce the discomfort and bring benefit to the reactive and sensitive skin of rosacea. Additionally, it is referred to the way the pharmacist, public health agent, can and should interfere with counseling and support to patients when oral or topical medication waiver to this pathology.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/41895
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Monografia.pdf2.31 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 5

1,965
checked on Mar 31, 2020

Download(s) 5

6,669
checked on Mar 31, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.