Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/41870
Title: Psoríase : abordagem terapêutica e perspectivas futuras
Authors: Magalhães, Teresa Nunes de Moura Pinheiro de 
Orientador: Serra, Diana
Keywords: Psoríase; Terapia; Diagnóstico diferencial; Comorbilidade
Issue Date: Jul-2016
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A psoríase é uma doença de pele crónica e inflamatória que afeta aproximadamente 2% da população mundial, principalmente adultos. Atualmente sabe-se que a combinação de fatores genéticos e ambientais desempenha um papel importante no seu desenvolvimento. A imunopatogénese desta doença é complexa e envolve alterações do sistema imunitário inato e adquirido. O resultado é uma complexa desregulação de quase todos os tipos de células da pele, havendo um feedback positivo entre as células do sistema imunitário e as células epiteliais residentes, e, consequentemente, o desenvolvimento de fenómenos inflamatórios característicos. A forma mais comum de psoríase é designada por psoríase em placas e é caracterizada pelo aparecimento de placas avermelhadas com escamas esbranquiçadas, principalmente nos cotovelos, joelhos, pés e mãos, região sacral e couro cabeludo. O impacto psicológico e comorbilidades associados à psoríase são frequentemente subestimados e podem ter grande significado na qualidade de vida dos doentes. Até ao momento presente, ainda não foi encontrada cura para a psoríase e dado o carácter recidivante desta patologia, os tratamentos utilizados nestes doentes têem como principal objetivo induzir e manter as remissões, minimizar o aparecimento de sintomas e complicações, e, por conseguinte, aumentar a qualidade de vida dos doentes. Os agentes tópicos são utilizados, normalmente, como tratamento de primeira linha, seguidos da fototerapia e dos agentes sistémicos convencionais. O conhecimento atual da fisiopatologia desta dermatose permitiu, nos últimos anos, o desenvolvimento de agentes terapêuticos inovadores, como é o caso dos agentes biológicos. Esta nova abordagem terapêutica tem-se demonstrado altamente direcionada e especializada, uma vez que atua em alvos específicos envolvidos da imunopatogénese da doença. No entanto, continua a ser do interesse da comunidade científica a investigação de tratamentos mais eficazes, que induzam a remissão total da doença e que tenham um melhor perfil de segurança, do que os atualmente utilizados.
Psoriasis is a chronic and inflammatory skin disease that affects approximately 2 % of the world population, especially adults. It is now known that the combination of genetic and environmental factors plays an important role in its development. The immunopathogenesis of this disease is complex and involves changes of the innate and adaptative immune system. The result is a complex dysregulation of almost all types of skin cells, with a positive feedback between cells of the immune system and resident epithelial cells and hence the development of characteristic inflammatory phenomena. The most common form of psoriasis is called plaque psoriasis and is characterized by the appearance of reddish plaques with silvery white scales, especially on the elbows, knees, feet and hands, sacral region and scalp. The psychological impact and comorbidity associated with psoriasis are often underestimated and can greatly impact on quality of life of patients. Until now, the cure for psoriasis has not yet been found and due to the recurrent nature of the disease, the treatments used in these patients aim to induce and maintain remissions, minimize the appearance of symptoms and complications and, therefore, increase the quality of life of patients Topical agents are normally used as first-line treatment, followed by phototherapy and conventional systemic agents. The current understanding of the pathophysiology of this dermatosis allowed, in recent years, the development of innovative therapeutic agents, such as biological agents. This new therapeutic approach proved to be highly directed and specialized as it acts on specific targets involved in the immunopathogenesis of the disease. However, it remains in the interest of the scientific community to research more effective treatments that induce complete remission and have a better safety profile, than the currently used.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/41870
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Monografia_T_Magalhães.pdf1.83 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 5

963
checked on Sep 18, 2019

Download(s) 10

1,102
checked on Sep 18, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.