Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/41857
Title: Quantas nações somos capazes de imaginar?
Authors: Laranjeiro, Catarina 
Keywords: Cinema; Propaganda; Guiné-Bissau; Luta de libertação; Estado nação
Issue Date: 2016
Publisher: CECS
Keywords: Cinema; Propaganda; Guiné-Bissau; Luta de libertação; Estado nação
Issue Date: 2016
Publisher: CECS
Abstract: Quem canta hoje o Estado-nação na Guiné-Bissau? Vou procurar responder a esta e a outras perguntas que emergirão ao longo do presente artigo, colocando em diálogo dois filmes. O primeiro é En Nations Födelse (O Nascimento de uma Nação) e foi realizado por Lennart Malmer e Ingela Romare na Guiné-Bissau. O segundo é uma sequência de bobine, um fragmento de filme que regista a Marcha da Juventude na República Democrática Alemã, onde várias nações que ainda não existem no plano político procuram afirmar-se no plano simbólico. Este último foi filmado pelo realizador guineense Sana N’Hada em Berlim. Se o primeiro é uma criação de dois estrangeiros que se empenharam na luta de libertação na Guiné-Bissau, o segundo é de autoria de um realizador guineense que se encontrava a representar o seu país em vias de existir na Alemanha Oriental. Ambos os filmes procuram ativar mecanismos para a construção da Guiné-Bissau enquanto Estado-nação, partilhando repercussões ideológicas. Não os tomo como imagens sobre o passado, mas antes como um futuro projetado num passado idealizado. Uma espécie de futuro que se conjuga no pretérito imperfeito.
URI: http://hdl.handle.net/10316/41857
ISSN: 1645-2089
2183-3575
Other Identifiers: 10.17231/comsoc.29(2016).2410
DOI: 10.17231/comsoc.29(2016).2410
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Quantas nações somos capazes de imaginar.pdf103.75 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

122
checked on Aug 20, 2019

Download(s)

52
checked on Aug 20, 2019

Google ScholarTM

Check

Altmetric

Altmetric


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons