Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/41155
Title: Imigrantes e Criminalidade Violenta em Portugal: Que relação?
Authors: Guia, Maria João 
Keywords: Imigração; Crime violento; Criminoso; Recluso; Acusado
Issue Date: 2010
Publisher: Centro de Estudos Sociais
Serial title, monograph or event: Cabo dos Trabalhos
Issue: 4
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: No mundo actual, sempre que há ondas de criminalidade, os imigrantes são os primeiros a ser acusados, independentemente da comprovação da sua culpabilidade. Também em Portugal foi muito publicitado o crime violento, ocorrido nos últimos anos, em correlação com o aumento do número de imigrantes. Além da designação de crimes violentos não ser consensual, existem poucos estudos que se debrucem profundamente sobre este assunto. Os produzidos até hoje chegam mesmo a contrariar esta percepção. Por exemplo, os últimos estudos norteamericanos (Stowell, 2007 e 2009, Sampson, 2006 e 2008) apontam precisamente para uma relação de aumento de imigrantes – descida de registos de crimes violentos, o que é inverso ao publicamente percepcionado. Em Portugal, tem vindo a aumentar a proporção de reclusos estrangeiros e imigrantes nos últimos anos, fenómeno que acompanha o aumento da população imigrante, pelo que não se constata relevância nesta subida. Depois de aplicado o teste estatístico do qui-quadrado, veio a verificar-se que, no geral, os imigrantes têm uma menor intervenção no crime violento em Portugal do que a população autóctone.
URI: http://hdl.handle.net/10316/41155
ISSN: 2182-9187
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Imigrantes e Criminalidade Violenta em Portugal Que relação.pdf260.61 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

598
checked on Sep 23, 2020

Download(s) 50

360
checked on Sep 23, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.