Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/41127
Title: Quanto é que os salários teriam de descer para tornar a economia portuguesa competitiva?
Authors: Almeida, João Ramos de 
Caldas, José Castro 
Issue Date: Mar-2014
Publisher: Observatório sobre Crises e Alternativas/CES
Serial title, monograph or event: Cadernos do Observatório
Issue: 1
Place of publication or event: Lisboa
Abstract: Segundo um diagnóstico muito difundido, Portugal acumulou grandes dívidas e défices externos porque a sua economia perdeu competitividade em consequência do aumento excessivo dos salários. Daqui decorre que a solução para o reequilíbrio das contas externas seria a redução dos salários. Mas será que o crescimento dos défices e da dívida são consequência de um aumento desmesurado dos salários? Será que a redução dos salários e dos custos salariais das empresas permitiria recuperar a competitividade e assegurar o equilíbrio das contas externas? Quanto teria de cair o salário médio para que se atingisse esse objetivo?
URI: http://hdl.handle.net/10316/41127
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Vários

Show full item record

Page view(s)

156
checked on Nov 5, 2019

Download(s)

38
checked on Nov 5, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.