Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/36644
Title: Risco, catástrofes e a questão das vítimas
Authors: Mendes, José Manuel 
Araújo, Pedro 
Keywords: Acontecimentos extremos; Associações; Cidadania; Sociologia com desastres; Vítimas
Issue Date: 2016
Publisher: Centro de Estudos Sociais
Keywords: Acontecimentos extremos; Associações; Cidadania; Sociologia com desastres; Vítimas
Issue Date: 2016
Publisher: Centro de Estudos Sociais
Abstract: Neste artigo aborda-se as relações intrínsecas entre risco, catástrofe, as vítimas e as questões do trauma. É proposta uma sociologia com desastres, que, além de uma mera sociologia dos desastres, interrogue e analise os desastres como acontecimentos extraordinários reveladores das estruturas sociais em presença, do Estado e das políticas públicas, das dinâmicas das comunidades afetadas e dos dispositivos produtores de vítimas e/ou de cidadãos e cidadãs. Também é analisado o papel das vítimas e das suas associações na reivindicação e no reconhecimento de pertenças e de direitos. O estudo das comunidades afetadas e dos vários tipos de configurações sociais emergentes, conduz à discussão sobre o trauma e como as associações de vítimas e as políticas públicas levam à produção de comunidades de trauma, e se as mesmas podem assumir um caráter emancipador, sendo portadoras de justiça, direitos e dignidade.
This article analyses the intrinsic relationships between risk, catastrophe, victims and the questions of trauma. A sociology with disasters is proposed that, beyond a mere sociology of disasters, interrogates and analyses disasters as extreme events that reveal existing social structures, the State, public policies, the dynamics of affected communities and of the dispositives that produce victims and/or citizens. The role of victims and their representative associations in claiming belongings and rights is also analysed. The study of affected communities and of the different emergent social configurations, leads to the discussion about trauma and how victims’ associations and public policies produce trauma communities, and if these can assume an emancipatory nature, bringing along justice, rights and dignity.
URI: http://hdl.handle.net/10316/36644
ISSN: 1647-0737
Other Identifiers: 10.4000/eces.2029
DOI: 10.4000/eces.2029
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Risco, catástrofes e a questão das vítimas.pdf581.33 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

163
checked on Aug 13, 2019

Download(s) 20

591
checked on Aug 13, 2019

Google ScholarTM

Check

Altmetric

Altmetric


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.