Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/36131
Title: Para além da ortodoxia nacionalista timorense: a estória de Bi-Murak
Authors: Cunha, Teresa 
Keywords: Timor-Leste; Feminismo; Nacionalismos; Pós-colonialismo; Memória
Issue Date: 2012
Publisher: Centro de Estudos Sociais
Serial title, monograph or event: e-cadernos CES
Issue: 16
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Neste trabalho submeto a um questionamento feminista crítico e multidisciplinar algumas expressões dominantes do nacionalismo timorense contemporâneo no final da primeira década de independência política. Pretendo colocar em evidência a plurirracionalidade e o caráter disjuntor e problemático de algumas das memórias, tanto daquelas que parecem estar a ser esquecidas, como das que se têm vindo a constituir como princípios geradores da narrativa nacionalista hegemónica. O que poderá ter de produtivo para uma nação que se proclama a si mesma como possuindo uma identidade que designa timorense, usar outras narrativas e outras memórias dos acontecimentos fundadores, tidos como um património partilhado? Neste artigo argumento que a partir de narrativas de mulheres timorenses, sobre si e sobre as suas vidas, se poderá (re)conhecer outra comunidade imaginada que permanece em disputa, ainda que de uma forma subalterna, com a ortodoxia nacionalista timorense.
URI: http://hdl.handle.net/10316/36131
ISSN: 1647-0737
Other Identifiers: 10.4000/eces.1042
DOI: 10.4000/eces.1042
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Para além da ortodoxia nacionalista timorense A estória de Bi-Murak.pdf395.93 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

234
checked on Mar 31, 2020

Download(s)

101
checked on Mar 31, 2020

Google ScholarTM

Check

Altmetric

Altmetric


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.