Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/32577
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorAlves, Joana Pimentel-
dc.date.accessioned2016-10-26T14:03:33Z-
dc.date.available2016-10-26T14:03:33Z-
dc.date.issued2013-02-
dc.identifier.issn2182-7966-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/32577-
dc.description.abstractAs características do modelo de bem-estar português têm levado alguns/mas autores/as a concluir que em Portugal a família cuida por falta de alternativas formais. O presente texto propõe um olhar diferente para esta questão. Olhando o cuidado familiar a partir do paradigma da dádiva, irá mostrar como a fragilidade do Estado Social só explica parte da questão, e que as motivações para se cuidar são muito mais complexas. A importância simbólica que a relação de cuidado tem na vida de quem cuida e a retribuição afetiva que essa relação oferece mostram como as relações de cuidado são legíveis sobretudo a nível simbólico, bem como a importância da teoria da dádiva para compreender estas relações.por
dc.language.isoporpor
dc.publisherCentro de Estudos Sociaispor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectDádivapor
dc.subjectCuidado familiarpor
dc.subjectObrigações familiarespor
dc.subjectRelações familiarespor
dc.title“A (cui)dar está obrigado, aquele a quem hão (cui)dado”: uma análise do cuidado familiar a partir do paradigma da dádivapor
dc.typeworkingPaperpor
degois.publication.firstPage1por
degois.publication.lastPage22por
degois.publication.locationCoimbrapor
degois.publication.titleOficina do CESpor
dc.relation.publisherversionhttp://www.ces.uc.pt/publicacoes/oficina/index.php?id=7937por
dc.peerreviewedYespor
degois.publication.volume397por
uc.controloAutoridadeSim-
item.grantfulltextopen-
item.languageiso639-1pt-
item.fulltextCom Texto completo-
crisitem.author.researchunitCentre for Social Studies-
crisitem.author.parentresearchunitUniversidade de Coimbra-
crisitem.author.orcid0000-0003-2354-4433-
Appears in Collections:I&D CES - Oficina do CES
Files in This Item:
File Description SizeFormat
A (cui)dar está obrigado, aquele a quem hão (cui)dado.pdf538.02 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s)

155
checked on Mar 25, 2020

Download(s)

39
checked on Mar 25, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.