Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/26492
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFerro, Manuel-
dc.contributor.authorAraújo, Filipa-
dc.date.accessioned2014-07-30T09:11:28Z-
dc.date.available2014-07-30T09:11:28Z-
dc.date.issued2014-12-10-
dc.date.submitted2014-07-30-
dc.identifier.citationARAÚJO, Filipa Marisa Gonçalves Medeiros - "Verba significant, res significantur" : a receção dos Emblemata de Alciato na produção literária do Barroco em Portugal. Coimbra : [s.n.], 2014. Tese de doutoramento. Disponível na Internet em: <URLhttp://hdl.handle.net/10316/26492>.-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/26492-
dc.descriptionTese de doutoramento em Letras (Pré-Bolonha), Área de Línguas e Literaturas Modernas, especialidade de Literatura Comparada, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra-
dc.description.abstractNa senda do sucesso editorial do Emblematum liber (1531), composto pelo jurista milanês Andrea Alciato (1492-1550), a emblemática afirmou-se como tipologia literária, como forma de pensamento e como expressão artística, uma vez que a obra conheceu centenas de edições em diversos países europeus e originou um impressionante fenómeno de receção dinâmica por toda a Europa Moderna. Pretende-se, pois, com este estudo, avaliar os contornos da receção desse autor na literatura portuguesa do Barroco, aplicando os pressupostos metodológicos definidos pelos estudos comparatistas, de modo a enquadrar esse fenómeno na moldura mais abrangente do diálogo intertextual com modelos estrangeiros, sobretudo italianos. Num primeiro nível de abordagem, realiza-se um levantamento de dados relativos à circulação da obra de Alciato em território lusitano, salientando a existência de traduções manuscritas datadas dos séculos XVI e XVII, bem como a publicação parcelar dos emblemas alciatenses na Silva poetica de 1660. Destaca-se ainda o berço conimbricense dos primeiros comentários latinos à antologia de 1531, pois constituem prova do seu conhecimento no meio académico da Lusa Atenas. Procura-se, depois, demonstrar a receção dos Emblemata do jurista milanês em diferentes áreas da produção literária portuguesa, considerando o seu impacto no discurso teorético das artes poéticas e respigando o aproveitamento de formas e motivos alciatenses na inventio dos escritores nacionais. Promove-se, então, uma incursão comparatista nas diversas áreas da produção emblemática lusitana, de modo a salientar ecos de Alciato em cada uma dessas vertentes. Nos livros de emblemas morais e políticos, sugere-se, sobretudo, pontos de encontro e desencontro na representação simbólica e na funcionalidade estrutural dos compostos logo-icónicos. No âmbito das relações descritivas das festividades religiosas e políticas, enfatiza-se a utilização da emblemática ao serviço da legitimação simbólica e da propaganda ideológica dos poderes instituídos. Relativamente à utilização dos emblemas no contexto da pedagogia jesuíta, aponta-se alguns exemplos práticos de livros impressos e traduzidos em Portugal, a par de testemunhos manuscritos provenientes dos colégios. Revela-se, assim, diferentes facetas da receção de uma obra que se mostra fundamental para guiar os hermeneutas de hoje nos labirintos do imaginário poético da literatura portuguesa do Barroco.por
dc.description.abstractFollowing the editorial success of the Emblematum liber (1531), composed by the Milanese jurist Andrea Alciato (1492-1550), emblematics asserted itself as a literary typology, as an intellectual form and as an artistic expression, as this work attained hundreds of editions in several European countries and caused an outstanding phenomenon of dynamic reception throughout Modern Europe. This study aims, therefore, to evaluate the contours of the reception of this book in the Portuguese Baroque literature, applying the methodological principles defined by comparative studies, in order to fit this phenomenon to the context of the intertextual dialogue with foreign models, especially Italian. In a first level of this approach, it is carried out a survey of data relating to the circulation of Alciato’s work in Lusitanian territory, stressing the existence of handwritten translations dating from the sixteenth and seventeenth centuries, as well as the publication of some emblems among the texts of the Silva Poetica (1660). It is also highlighted the fact that the first Latin commentaries to the anthology of 1531 were written in Coimbra, proving its popularity at the University. This study attempts then to demonstrate the reception of the Milanese work in different areas of the Portuguese literary production, considering its impact on the theoretical discourse of poetic theory and identifying Alciato’s forms and motifs explored by national writers’ inventio. A comparative analysis of different areas of the Lusitanian emblematic production is therefore undertaken, in order to emphasize Alciato’ s echoes in each of these fields. Concerning the books of moral and political emblems, the research focus stands out the matching and mismatching points related to symbolic representation and structural features of the logo-iconic compounds. Within the descriptive relations of political and religious festivities, it is underlined the use of emblematics to accomplish the symbolic legitimation and the ideological propaganda of the Monarchy and Church. Regarding finally the employment of logo-iconic methods within the Jesuit pedagogical programs, some examples of emblem books printed and translated in Portugal are pointed out, alongside the manuscript testimonies left by the Coleges of the Society. According to this perspective, different expressions of Alciato’s reception are brought into light, revealing to the contemporaneous readers a helpful guide to lead them through the labyrinth of the poetic imaginarium of Portuguese literary production.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccess-
dc.subjectEmblemáticapor
dc.subjectEmblematicspor
dc.subjectBarroco-
dc.subjectAlciato-
dc.subjectLiteratura portuguesa -- século XVI-XVIII-
dc.subjectBaroque-
dc.subjectPortuguese literature -- 16th to 18th centuries-
dc.title"Verba significant, res significantur": a receção dos Emblemata de Alciato na produção literária do Barroco em Portugalpor
dc.typedoctoralThesispor
degois.publication.unidadeorganicaFLUCpor
dc.identifier.tid101275242-
item.grantfulltextopen-
item.fulltextCom Texto completo-
Appears in Collections:FLUC Secção de Português - Teses de Doutoramento
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Receção de Alciato.pdf343.12 MBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s) 10

790
checked on Jun 11, 2019

Download(s) 50

190
checked on Jun 11, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.