Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/26010
Title: TELETUBE: Novo passeio pelos bosques da ficção televisiva
Authors: Santana, Fernanda Castilho 
Orientador: Cunha, Isabel Ferin
Baccega, Maria Aparecida
Keywords: Ficção televisiva; Narrativas transmedia; Estudos de receção; Novos media; YouTube; Fiction television; Transmedia storytelling; Reception studies; New media
Issue Date: 13-Nov-2014
Citation: SANTANA, Fernanda Castilho - TELETUBE: Novo passeio pelos bosques da ficção televisiva [em linha]. Coimbra : [s.n], 2014. Tese de doutoramento. Disponível na WWW:<http://hdl.handle.net/10316/26010>
Abstract: As narrativas de ficção, emitidas pelos canais de sinal aberto, figuram entre os programas televisivos de maior importância sociocultural, em virtude do inegável êxito conquistado entre os portugueses desde o final dos anos 70. Tendo como ponto de partida esse enquadramento histórico, notamos que a ficção televisiva perpassou diversas fases que acompanharam as alterações do panorama mediático nacional. No contexto atual, torna-se impossível ignorar o contributo da difusão acelerada da tecnologia informática para o surgimento de um novo cenário de produção e divulgação dos textos ficcionais. As alterações do paradigma tecnológico afetam diferentes esferas sociais, todavia no campo da ficção televisiva identifica-se, sobretudo, a tendência para a migração da emissão dos conteúdos da televisão para outras plataformas, com destaque para a visualização online. O aparecimento destes novos pontos de acesso aos conteúdos audiovisuais contribuem, fundamentalmente, para o declínio das audiências da TV. Como reação à consolidação deste cenário tecnocultural, as indústrias produtivas iniciam um processo de materialização das narrativas que extrapola os limites da televisão, integrando multiplataformas e originando novos processos de envolvimento com o universo ficcional. A adesão dos públicos a esta estratégia, denominada como narrativas transmedia, do inglês, transmedia storytelling, confirma-se particularmente entre os mais jovens. Assim, este trabalho divide-se em duas partes complementares, de caráter teórico e empírico, que propõem uma análise das tendências de mudança nesta área, com especial atenção para as novas configurações no campo da receção dos conteúdos de ficção. Com este objetivo, implementámos um modelo de análise de quatro ficções televisivas produzidas em Portugal e emitidas nos canais nacionais de sinal aberto, para observar se estes títulos do Top 10 de audiências podem ser classificados como textos transmedia. Num segundo momento, realizámos um estudo de receção destas ficções nas páginas do YouTube, analisando, sobretudo, os comentários dos fãs publicados nesta plataforma. Estas dimensões empíricas foram exploradas a partir duma metodologia de análise centrada em métodos mistos que pressupõem a integração de dados quantitativos e qualitativos. Com efeito, os métodos de trabalho selecionados pertencem aos campos da etnografia virtual, da análise de conteúdo, da análise do discurso e da análise de redes sociais. Em linhas gerais, os resultados da análise da expansão do universo ficcional de três séries e uma telenovela apontam para o incumprimento parcial dos objetivos inicialmente propostos pelo conceito de transmedia storytelling. Todavia, este indicador, que parte duma interpretação mais hermética deste conceito, é sobejamente ultrapassado pela ação dos fãs na internet, responsáveis por ampliar as formas de receção dos conteúdos em plataformas como o YouTube. Neste espaço, desenvolvem-se práticas culturais exclusivas que assentam num comportamento interativo e participativo destas audiências, indicando que, apesar do parco investimento na produção de conteúdos de raiz transmedia, o consumo das ficções televisivas realiza-se de forma transmediática. Os resultados indicam que apesar do YouTube constituir um espaço privilegiado para partilha de conteúdos de ficção, reside na dicotomia produção/receção divergências de caráter legal, tais como a violação dos direitos de autor. Estas ameaças ao trabalho gratuito dos fãs comprovam, igualmente, o facto das indústrias mediáticas ainda não se terem adaptado à cultura da convergência. No âmbito da receção, importa assinalar que identificámos nos comentários publicados nas páginas do YouTube a formação de comunidades, caracterizadas, tanto pela integração dos membros de diferentes identidades, como pela manifestação de conflitos no seio destes grupos. Os principais temas de debate nas conversas sobre a ficção nesta plataforma foram, para além da história, as personagens, a banda sonora e a partilha gratuita de conteúdos. Nestas comunidades, surgem, igualmente, debates que extrapolam os limites dos assuntos ficcionais, gerando novos temas de conversa como a portugalidade das produções nacionais. Por último, conseguimos observar que as formas de interação e participação dos fãs possuem um cariz predominantemente positivo e podem variar conforme a emissora, o título de ficção, e, ainda, mediante diferentes identidades, sobretudo de género.
The fiction narratives emitted by the FTA channels are among the most sociocultural significant television programs in view of the undoubted success conquered among the Portuguese since the late 70s. Taking as a starting point this historical background, we note that television fiction ran through various stages that accompanied the changes of the national media landscape. In the current context, it becomes impossible to ignore the contribution of the accelerated expansion of computer technology for the emergence of a new stage production and the dissemination of fictional texts. The changes in the technological paradigm affect different social spheres, however, in the field of television fiction is identified, especially the tendency to migrate from the issue of television content for other platforms, especially for online viewing. The emergences of these new points of access to audio-visual contents contribute primarily to the decline of TV audiences. As a reaction to the consolidation of this techno-cultural scenario, the productive industries begin a process of materialization of narratives that transcend the boundaries of television and integrate multi-platforms yielding new engagement processes with the fictional universe. The adherence of public to this strategy, known as trans media narratives, from the English, trans media storytelling, it is confirmed particularly among younger people. So, this work is divided into two complementary parts, theoretical and empirical, offering an analysis of changing trends in this area, with special attention to new configurations in the field of reception of the fiction contents. With this aim, we implemented a model of analysis of four television fictions produced in Portugal and issued in the national open signal channels to see if these titles of Top 10 audiences can be classified as trans media texts. In a second moment, we conducted a study of the reception of these fictions in YouTube pages, especially analyzing the fan comments posted on this platform. These empirical dimensions were explored from an analysis methodology focused on mixed methods which require the integration of quantitative and qualitative data. Indeed, the work methods selected belong to the fields of virtual ethnography, content analysis, discourse analysis and social network analysis. In general lines, the results of the analysis of the expansion of the fictional universe of the three series and a soap opera, point to the partial failure of the objectives initially proposed by the concept of transmedia storytelling. However, this indicator, which starts from a more hermetic interpretation of this concept is well exceeded by the action of fans on the Internet, responsible for expanding the ways of receiving content on platforms like YouTube. In this space, are developed unique cultural practices that are based on an interactive and participatory behavior of these hearings, indicating that despite the meager investment in producing transmedia content root, the consumption of television fictions is carried out by a transmedia way. The results indicate that although YouTube constitutes a privileged space for sharing fiction content, lies in the dichotomy production / reception, legal nature divergences, such as the breach of copyright. These threats to the free labor of fans, also prove that the media industries have not yet been adapted to the convergence culture. In the reception ambit, it should be noted that we have identified in comments published in the YouTube pages, the community formation, characterized by both the integration of members of different identities, as the manifestation of conflicts within these groups. The main topics of discussion at the talks on this platform were fiction, beyond the story, the characters, the soundtrack and the free sharing of content. In these communities, there are also discussions that go beyond the limits of fictional subjects, creating new topics of conversation as the Portuguese national productions. Finally, we could observe that the forms of interaction and participation of the fans have a predominantly positive nature and may vary according to the issuer and the title of fiction, as well as have changed through different identities, especially of gender.
Description: Tese de doutoramento em Ciências da Comunicação apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/26010
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Comunicação - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TELETUBE_CASTILHO SANTANA_ FERNANDA_TESE DOUTORAMENTO.pdfTELETUBE_CASTILHO SANTANA_ FERNANDA_TESE DOUTORAMENTO10.2 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

565
checked on Jul 10, 2019

Download(s) 50

349
checked on Jul 10, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.