Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/25880
Title: O acontecimento que quer ser notícia : a construção de sentido das organizações através dos media : o caso "A Vida é Bela"
Authors: Silva, João José Figueira da 
Orientador: Cunha, Isabel
Keywords: Comunicação; Communication; Organizações; Media; Jornalismo; Comunicação organizacional; Construção de sentido; Fontes; Organizations; Journalism; Organizational communication; Sensemaking; Sources
Issue Date: 31-Jul-2014
Citation: SILVA, João José Figueira da - O acontecimento que quer ser notícia : a construção de sentido das organizações através dos media : o caso "A Vida é Bela". Coimbra : [s.n.], 2014. Tese de doutoramento. Disponível na WWW: http://hdl.handle.net/10316/25880
Abstract: As organizações procuram, através dos processos comunicativos que desenvolvem, construir a sua institucionalização de sentido. Partindo deste postulado, o nosso principal objetivo é observar e problematizar a construção de sentido das organizações através dos media, analisando, no âmbito do presente trabalho, o caso da empresa A Vida é Bela. Neste sentido, assume particular relevo problematizar o papel da comunicação organizacional na perspetiva de que as organizações não vivem num vazio de sentido e que a própria comunicação é um elemento constitutivo e estratégico da respetiva organização. Os media, por seu lado, não obstante a sua proclamada autonomia, constroem a informação noticiosa com base num conjunto de procedimentos e de interações com as fontes, em cujo quadro sobressaem e ganham especial protagonismo as organizações mais bem apetrechadas e, consequentemente, possuidoras de meios e recursos capazes de influenciar e interferir, com proveito próprio, no processo de construção informativa. Neste contexto, acolhemos os contributos teóricos que estudam a Organização e as suas relações com a Comunicação (Deetz, 2010; Fairhurst & Putnam, 2010; Mumby & Mease, 2011) e a concetualização de Weick (1995) sobre o sensemaking. Relacionamos todas essas perspetivas com as teorias da comunicação e do jornalismo, uma vez estar em causa a construção de sentido das organizações através dos media (Schlesinger, 1992; Hall et al., 1993, White, 1993, Traquina, 2000, McQuail, 2003). Com o apoio do SPSS analisamos, do ponto de vista quantitativo e qualitativo, a cobertura noticiosa de A Vida é Bela, entre 2005 e 2012, com o objetivo de perceber qual a sua penetração nos media, qual o olhar que estes tinham para com a empresa e os seus produtos, bem como o destaque dado às respetivas peças jornalísticas. Da análise realizada sobressaem quatro ideias-chave: forte densidade mediática, expressa nas 4558 presenças em todos os meios, das quais 2396 na imprensa; uma organização altamente profissionalizada e tendo a comunicação como sua preocupação estratégica; enorme capacidade de penetração nos media tendo como consequência que estes se apropriem do seu discurso e valores; forte dependência dos media face às fontes profissionais e ausência de notícias desfavoráveis durante sete anos e nove meses.
Organizations seek to construct their institutionalization of meaning through the communication processes they develop. Based on this premise, the main goal of this dissertation is to observe and problematize the sensemaking in organizations through the media, analyzing the case of the company A Vida é Bela. In this sense, it is particularly relevant to problematize the role of organizational communication given that organizations do not operate in a meaning-free environment and communication itself is a constitutive and strategic element of each organization. The media, in turn, despite their self-proclaimed autonomy, construct news information based on a series of procedures and interactions with sources; among these, the organizations that are better equipped, and thus have the means and resources to influence and intervene, to their own advantage, in the process of constructing information, play a leading role. In this context, this dissertation makes use of theoretical contributions on organizations and their relations with communication (Deetz, 2010; Fairhurst & Putnam, 2010; Mumby & Mease, 2011), as well as Weick’s (1995) concept of sensemaking. These approaches are related with theories of communication and journalism, since what is at stake is the construction of organizational meaning through the media (Schlesinger, 1992; Hall et al., 1993, White, 1993, Traquina, 2000, McQuail, 2003). Using SPSS, the news coverage of A Vida é Bela between 2005 and 2012 was analyzed from a quantitative and qualitative point of view, with the aim of understanding its penetration in the media and how the company and its products were viewed, as well as the prominence given to the respective journalistic pieces. The analysis highlighted four key ideas: strong media density, expressed in 4558 presences in all the media, 2396 of them in the press; a highly professional organization in which communication is a strategic concern; an extensive capacity to penetrate in the media, with the consequence that these assume the company’s discourse and values; a strong media dependence on professional sources; and a very short number of adverse news (63) between 2005-2012, the period that our research last out.
Description: Tese de doutoramento em Letras (Pré-Bolonha), Área de Ciências da Comunicação, especialidade de Media e Sociedade apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/25880
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Comunicação - Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s)

194
checked on Jul 17, 2019

Download(s) 50

432
checked on Jul 17, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.