Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/16441
Title: Propagação de incêndios florestais por focos secundários
Authors: Almeida, Miguel Abrantes de Figueiredo Bernardo de 
Orientador: Viegas, Domingos Xavier
Miranda, Ana Isabel Couto Neto da Silva
Keywords: Incêndio florestal; Fogo -- propagação
Issue Date: 10-Oct-2011
Citation: ALMEIDA, Miguel Abrantes de Figueiredo Bernardo de - Propagação de incêndios florestais por focos secundários. Coimbra : [s.n.], 2011. Tese de doutoramento
Abstract: A propagação de incêndios florestais por focos secundários pode ser dividida em três fases distintas: (1) libertação das partículas; (2) elevação das partículas em combustão na pluma térmica; (3) transporte, pelo vento, das partículas em combustão; e (4) contacto da partícula com o solo. A presente tese apresenta o estudo do transporte de partículas pelo vento (fase 3) e a combustão que ocorre durante esse transporte. Os combustíveis analisados foram pinhas individuais de Pinus pinaster, as escamas constituintes dessas pinhas, e cascas do tronco de árvores de Eucalyptus globullus. Para além de um aprofundamento na compreensão do fenómeno dos focos secundários, aplicado especificamente aos combustíveis analisados, este trabalho teve como objectivo último a criação de um programa que permite simular o transporte, pelo vento, de uma partícula incandescente depois de ter sido elevada a uma determinada altura pela pluma térmica. Nesta perspectiva foram realizados diversos ensaios de caracterização dos combustíveis mencionados, ensaios de combustão das partículas e ensaios de caracterização do seu comportamento aerodinâmico. O estudo efectuado focou-se apenas em duas dimensões, concentrando-se no plano vertical que passa pelo centro de gravidade da partícula e é paralelo à direcção do escoamento. Os ensaios realizados pretenderam representar as constantes alterações da orientação e as transformações físicas que uma partícula em combustão conhece ao longo do seu transporte. Os ensaios foram realizados em diversos equipamentos existentes no Laboratório de Estudo sobre Incêndios Florestais (LEIF) da Associação para o Desenvolvimento da Aerodinâmica Industrial (ADAI) da Universidade de Coimbra. Destes equipamentos salientam-se o Túnel de Combustão Vertical e o Túnel Oblíquo. Os resultados apresentados dividem-se nos seguintes tópicos: • Estudo das propriedades físicas dos combustíveis analisados; • Análise da combustão em função das características físicas, da velocidade relativa do escoamento a que são sujeitas e da sua orientação relativamente ao vento incidente; • Análise das velocidades terminais e dos coeficientes aerodinâmicos (coeficiente de resistência, coeficiente de sustentação e coeficiente de momento) das partículas em combustão ao longo do seu transporte. • Criação e validação de um programa que integra os diversos modelos empíricos obtidos e que permite prever a trajectória de uma partícula incandescente libertada durante uma situação de incêndio. A contribuição mais evidente deste estudo consiste na determinação de parâmetros aerodinâmicos e de combustão específicos que conferem maior rigor na simulação das trajectórias de combustíveis com uma importância fulcral na floresta portuguesa. O programa final obtido aplica-se fundamentalmente à fase do transporte em que a partícula já não é elevada, sendo unicamente sujeita à acção do vento horizontal e à força gravítica.
Description: Tese de Doutoramento em Engenharia Mecânica, especialidade em Riscos Naturais e Tecnológicos, apresentada à Fac. de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/16441
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Eng.Mecânica - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação.pdf3.84 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

485
checked on Sep 16, 2021

Download(s)

285
checked on Sep 16, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.