Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/11776
Title: O Processo Desinflacionista Português: Análise de Alguns Custos e Benefícios
Authors: Duarte, António Portugal 
Keywords: Política monetária; União Europeia; Desinflação; Co-integração; Near-VAR; Simulação
Issue Date: 2002
Publisher: FEUC. Grupo de Estudos Monetários e Financeiros
Citation: Estudos do GEMF. 1 (2002)
Abstract: O objectivo do presente estudo consiste na análise da política económica portuguesa de desinflação através de uma política de estabilização nominal do escudo. Sabendo-se da reputação anti-inflacionista do Bundesbank e do papel exercido pelo marco alemão no processo de estabilidade cambial e do nível de preços europeu, é estudada a ancoragem do escudo português ao marco alemão. Para além do conjunto de variáveis macro-económicas internas, foram ainda incluídas na análise variáveis que traduziam o contexto externo português, tais como o Índice de Preços no Consumidor, a Taxa de Juro Nominal e o Produto Interno Bruto da Alemanha. O estudo baseou-se na obtenção de relações de co-integração utilizando o método de Johansen, na construção de um modelo Near-VAR e na realização de uma análise de simulação de choques. A aceitação da política monetária alemã e a fixação do escudo relativamente ao marco terá permitido à economia portuguesa alcançar com sucesso o objectivo prioritário de estabilidade dos preços. Porém, a par dos ganhos de credibilidade e estabilidade alcançados, a adopção de uma política desinflacionista traduziu-se por uma apreciação real do escudo. Pretende-se com este estudo clarificar a influência que pode ter a apreciação da taxa de câmbio real sobre o produto e preços. Se é sabido que Portugal fez enormes progressos no seu processo de integração europeia, permitindo-lhe actualmente integrar o grupo de países participantes na UEM, pode ser igualmente enunciado como custo do processo de desinflação a quebra da competitividade portuguesa, o que obviamente se reflecte na prática de baixos salários, condicionando deste modo o próprio crescimento do produto. É por isso bastante útil conhecermos os benefícios desinflacionistas assim como os custos de output de tais políticas.
URI: http://hdl.handle.net/10316/11776
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEUC- Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O Processo Desinflacionista Português.pdf242.4 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

143
checked on Jul 16, 2019

Download(s) 10

1,104
checked on Jul 16, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.