Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/10907
Title: As Vigilâncias como Objecto da Imaginação Sociológica
Authors: Correia, André de Brito 
Issue Date: May-1996
Publisher: Centro de Estudos Sociais
Citation: Revista Crítica de Ciências Sociais. 45 (1996) 143-165.
Abstract: As vigilâncias são vistas frequentemente como algo que marca os corpos (lógica da receptividade), como algo decorrente da acção de agentes específicos (lógica da especialidade) ou como algo que se pode descrever facilmente (lógica da simplicidade). A imaginação sociológica tem de ultrapassar os limites de cada uma destas lógicas. Para isso, propõe-se que se imaginem as vigilâncias como uma competência humana, como uma forma de poder e como um conjunto de técnicas subtis e sofisticadas. A propósito deste último aspecto, apresentam-se quatro casos concretos de vigilância disciplinar que resultam de técnicas diferentes. Através deles, pode ver-se de que forma os corpos se põem de olho, à escuta e a examinar outros corpos. Por fim, propõe-se ainda que se imaginem as vigilâncias como feixes dinâmicos que se cruzam e se sucedem uns aos outros.
URI: http://hdl.handle.net/10316/10907
ISSN: 0254-1106
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEUC- Artigos em Revistas Nacionais
I&D CES - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat
As vigilancias como objecto de imaginacao sociologica.pdf6.18 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

155
checked on Nov 13, 2019

Download(s)

49
checked on Nov 13, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.