Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/100209
Title: Além das práticas e das preferências: a relação com a cultura como discurso sobre o valor da cultura
Authors: Ferreira, Claudino 
Abreu, Paula 
Peixoto, Paulo 
Correia, André Brito 
Keywords: Cultura; Práticas culturais; Valor da cultura
Issue Date: 2021
Publisher: Faculdade de Letras da universidade do Porto
Serial title, monograph or event: II Encontro Internacional Lusófono Todas as Artes, Todos os Nomes : livro de resumos
Place of publication or event: Porto
Abstract: A comunicação propõe uma discussão reflexiva e crítica sobre as potencialidades, os limites e os equívocos analíticos e interpretativos dos inquéritos sociológicos sobre práticas, consumos e preferências culturais, questionando-os como instrumentos de (re)produção discursiva sobre o valor da cultura. Apoia-se para isso nos resultados de um inquérito sobre hábitos, práticas e perceções culturais, aplicado no início de 2020 (antes do despoletar da crise pandémica em Portugal) a uma amostra representativa da população residente no concelho de Coimbra. Os resultados do inquérito são explorados num exercício hermenêutico que confronta dois registos distintos: um que, seguindo os procedimentos analíticos convencionais, toma as respostas dos/as inquiridos/as como indicativas ou sugestivas de práticas, preferências e perceções individuais; outro que as toma como discursos sobre a cultura e o seu valor – ou melhor, como discursos enunciados no confronto com os discursos ocultos acerca da cultura e do seu valor que o processo de inquirição ativa. Este exercício analítico centra-se privilegiadamente em três questões que emergem como especialmente desafiantes, tanto do ponto de vista teórico e metodológico, como do ponto de vista político e programático: 1) a aparente conformação discursiva dos/as inquiridos/as à definição e à valoração elitistas e distintivas da cultura que os discursos ocultos do inquérito atualizam no contexto situado da inquirição; 2) a forte variação dos discursos sobre a cultura e das práticas e perceções declaradas em função da inserção territorial dos/as inquiridos/as, ou seja, da maior ou menor distância física entre o lugar de residência no concelho e o centro da cidade; 3) as variações e derivações dos discursos sobre a cultura e o seu valor que emergem da análise comparada das declarações sobre consumos e práticas culturais realizadas online e offline. Com base neste exercício analítico, a comunicação reflete criticamente sobre os pressupostos teóricos e os procedimentos metodológicos da abordagem extensiva da relação com a cultura, em diálogo com alguns dos trabalhos e dos debates mais recentes que, no espaço de cruzamento entre a sociologia da cultura, os estudos da comunicação e dos media, a economia e o marketing culturais, vêm abrindo novas pistas e perspetivas analíticas neste campo. Questionam-se, em particular, os efeitos que formalizações como a classificação dos sujeitos em tipologias que opõem grandes consumidores/praticantes/participantes a não-consumidores/não-praticantes/não-participantes (tradução mais acabada dos discursos ocultos sobre a cultura e o valor da cultura) têm quer sobre a compreensão sociológica dos modos, formas e significados das relações com a(s) cultura(s), quer sobre a ação programática dos agentes culturais e das políticas culturais.
URI: https://hdl.handle.net/10316/100209
ISBN: 978-989-8969-42-2
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Artigos e Resumos em Livros de Actas

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Alem das praticas e das preferencias.pdf1.1 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

123
checked on Feb 27, 2024

Download(s)

12
checked on Feb 27, 2024

Google ScholarTM

Check

Altmetric


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons