Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89172
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSantos, Ana Luisa-
dc.date.accessioned2020-04-11T13:58:30Z-
dc.date.available2020-04-11T13:58:30Z-
dc.date.issued2020-04-11-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/89172-
dc.description.abstractpaleopatologia tem uma história centenária tendo tido um grande desenvolvimento nas últimas duas décadas. Este trabalho tem como objetivo re!etir sobre o presente e o futuro desta disciplina, com particular ênfase nos contextos português e espanhol. O texto será alicerçado em três eixos. Formação: re!etindo sobre modelos para o ensino da paleopatologia (disciplinas, cursos curtos de iniciação e de especialização), para formar novos investigadores e promover a atualização contínua dos pro"ssionais, avaliando potenciais benefícios de iniciativas binacionais. Investigação: mostrando a necessidade de equipas quali"cadas e interdisciplinares, desde o planeamento das escavações antropológicas aos estudos laboratoriais, e a constituição de grupos internacionais quando os temas são transversais a vários países e/ou pela necessidade de recursos técnicos especializados. Divulgação: pela partilha do conhecimento obtido com as populações dos locais de proveniência dos vestígios osteológicos humanos revelando, assim, a importância do estudo e salvaguarda do património. Equaciona-se, igualmente, o uso das novas ferramentas de comunicação, designadamente das redes sociais, na transferência de conhecimento. Os desa"os aos investigadores também se encontram no meio académico, avaliando custos e benefícios entre publicar os estudos, nacional ou internacionalmente. Não obstante estas complexidades, é manifesto o extenso conhecimento obtido nas pesquisas paleopatológicas realizadas em Portugal e em Espanha. A evolução rápida da disciplina constitui um estímulo para os próximos anos.pt
dc.language.isoporpt
dc.publisherUniversidad de Alicante-Instituto Universitario de Investigación en Arqueología y Patrimonio Histórico (INAPH)pt
dc.rightsopenAccesspt
dc.subjectEnsinopt
dc.subjectPesquisapt
dc.subjectEducação não formalpt
dc.subjectDifusãopt
dc.subjectDoençapt
dc.titleA paleopatologia na universidade: formação, investigação e divulgaçãopt
dc.typearticlept
degois.publication.firstPage19pt
degois.publication.lastPage30pt
degois.publication.locationAlicantept
degois.publication.titleCuidar, curar, morir: la endermedad leída en los huesospt
dc.peerreviewedyespt
dc.date.embargo2020-04-11*
uc.date.periodoEmbargo0pt
item.languageiso639-1pt-
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
Appears in Collections:I&D CIAS - Artigos e Resumos em Livros de Actas
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Santos Paleopatologia na universidade 2020.pdf404.73 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s) 20

563
checked on Jul 27, 2021

Download(s)

52
checked on Jul 27, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.