Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/85258
Title: Percursos turísticos na Figueira da Foz. Patrimonialização e funcionalização do Castelo Engenheiro Silva
Authors: Pinto, Inês Maria Jordão 
Orientador: Santos, Norberto
Perrolas, Margarida
Keywords: percurso turístico; turismo cultural urbano; Figueira da Foz; welcome center; Castelo Engenheiro Silva
Issue Date: 4-Feb-2019
Abstract: O porto e a barra da Figueira da Foz sempre se revelaram problemáticos, devido ao assoreamento, motivo pelo qual os habitantes e comerciantes locais foram solicitando a intervenção e apoio dos monarcas, particularmente na primeira metade do século XIX. No entanto, as obras realizadas entre 1843 e 1853 não foram eficazes, relevando-se necessária uma intervenção urgente e mais duradoura, com base num estudo eficaz e nas características hidrográficas da referida barra. Para a realização do levantamento da carta hidrográfica da barra da Figueira da Foz e posteriormente para se encarregar da direção das obras de melhoramento do porto e barra da então vila, em 1853, foi nomeado um engenheiro hidrógrafo, Capitão-Tenente da Armada. De seu nome Francisco Maria Pereira da Silva, este homem viria a ser responsável pela alteração da arquitetura balnear da Figueira da Foz através da construção de um novo bairro a norte do Forte de Santa Catarina. Desde a sua criação até aos dias de hoje, o Bairro Novo de Santa Catarina é a principal referência no desenvolvimento turístico e balnear da Figueira da Foz, com um potencial agregador e dinamizador que urge valorizar. Consciente da relevância de um dos imóveis mais emblemáticos do Bairro Novo – o edifício designado por Castelo Engenheiro Silva, integrado no Conjunto Arquitetónico de Esplanada – o Município da Figueira da Foz tem investido nos últimos anos na sua recuperação e reabilitação, pretendendo torná-lo num local de referência no turismo cultural urbano da Figueira da Foz, através sua transformação em welcome center. O presente relatório é o resultado do desafio lançado no início do estágio curricular do Mestrado de Turismo, Território e Patrimónios, realizado na Divisão de Cultura da Câmara Municipal da Figueira da Foz, o qual decorreu entre janeiro e maio de 2018, de aprofundar os estudos sobre o Conjunto Arquitetónico da Esplanada, com o propósito de se criarem conteúdos sobre o edificado e os temas que com ele se relacionam, bem como a apresentação de propostas que permitam dinamizar o património da cidade através de percursos turísticos relacionados com o referido património. Para além do capítulo introdutório e da conclusão, este relatório divide-se em três partes, através das quais se abordam os conceitos de turismo cultural urbano, a caracterização do Município da Figueira da Foz e o seu território, os resultados dos estudos realizados e a apresentação de propostas para percursos turísticos relacionados com a investigação efetuada.
Description: Estágio curricular realizado na Divisão de Cultura da Câmara Municipal da Figueira da Foz
URI: http://hdl.handle.net/10316/85258
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Geografia - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Relatorio_Castelo-Eng-Silva_Figueira_Ines-Pinto.pdfRelatório de Estágio17.69 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

19
checked on Jul 17, 2019

Download(s)

22
checked on Jul 17, 2019

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons