Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/84213
Title: Os desejos e intenções para a parentalidade dos jovens adultos e adultos Portugueses em idade reprodutiva: o papel de fatores individuais relacionais e contextuais.
Other Titles: Parenthood desire and intentions of portuguese young adults and adults of reproductive age: the role of individual relational and contextual factors.
Authors: Baptista, Adriana Sofia Mendes 
Orientador: Canavarro, Maria Cristina Cruz Sousa Portocarrero
Ramos, Mariana Costa Brandão de Moura
Keywords: Parentalidade; Desejo; Intenções; Motivações; Vinculação; Relação familiar; Controlo Percebido; Parenthood; Desire; Intentions; Motivations; Attatchment; Family relationship; Perceived Control
Issue Date: 19-Jul-2017
Serial title, monograph or event: Os desejos e intenções para a parentalidade dos jovens adultos e adultos Portugueses em idade reprodutiva: o papel de fatores individuais relacionais e contextuais.
Place of publication or event: FPCEUC
Abstract: O presente estudo pretendeu compreender dos fatores que influenciam o desejo da parentalidade bem como a intenção da sua concretização. Especificamente procuramos compreender de que modos fatores relacionais e contextuais (representações de vinculação e perceção da qualidade do relacionamento familiar) influenciam as motivações negativas e positivas para a parentalidade e, por conseguinte, o desejo de parentalidade. Por outro lado, procurámos ainda compreender em que medida a relação entre o desejo de parentalidade e intenção para a parentalidade poderá ser afetada pela perceção de controlo que os indivíduos têm em relação ao seu contexto.A amostra foi constituída por 159 homens e 448 mulheres portugueses sem filhos e com idades compreendidas entre os 18 e 40 anos (M= 24.83, DP =4.82). A amostra foi recolhida online.Para o estudo das variáveis foram utilizados os seguintes instrumentos: Subescala Rejeição de estilo de vida sem filhos, avaliando o desejo de parentalidade, do instrumento Fertility Problem Inventory (C. R. Newton, W. Sherrard, &I. Glavac, 1999, versão portuguesa Moura-Ramos, Gameiro & Canavarro, 2008); Escala de Motivações para a Parentalidade (Guedes, Pereira, Pires, Carvalho & Canavarro, 2013); Escala de controlo percebido sobre os planos de parentalidade (Moura-Ramos et al., em desenvolvimento); Experiences in Close Relationships – Relationship Structures (Fraley et al., 2011; versão portuguesa Moreira & Canavarro, 2011;) e Family Environment Scale (FES) (Moos & Moos, 1986; Matos & Fontaine, 1992). Verificamos que as representações de vinculação afetam o desejo de parentalidade através da forma como influenciaram a perceção da relação com a família de origem, afetando as motivações positivas e negativas para a parentalidade. Por outro lado, observarmos que um o aumento do desejo da parentalidade está associado ao aumento da intenção para a parentalidade e que a associação entre desejo e intenção é diferente para os diferentes níveis da perceção de controlo. Neste sentido, mesmo que o desejo da parentalidade seja elevado, quando estamos perante indivíduos com uma perceção de baixo controlo, este está associado a valores de intenção mais baixas. Este estudo permite uma melhor compreensão das razões e motivos subjacentes ao comportamento reprodutivo dos indivíduos. Poderá mostrar-se útil e com implicações para investigações futuras e prática clínica, nomeadamente para a promoção de uma fertilidade saudável e informada e a criação de políticas que visem aumentar a perceção de controlo sobre os planos reprodutivos dos indivíduos.
The purpose of this study is to better understand the factors that influence the desire for parenthood, and intention to accomplish it, we aimed to understand how contextual factors (representations of attachment and perception of the quality of the family relationship) influence the negative and positive motivations for the parenting and, therefore, the desire for parenthood. On the other hand, we explore the association between desire for parenting and intention for parenting, clarifying the moderating role of control perception in the relationship parenthood desire and intention, The sample consisted in 159 portuguese men and 448 portuguese women without children and aged between 18 and 40 years (M = 24.83, SD = 4.82). This sample was collected online. The following instruments were used: Subscale Rejection of the childless lifestyle to evaluate desire for parenthood of the Fertility Problem Inventory (CR Newton, W. Sherrard, & I. Glavac, 1999, Portuguese version Moura-Ramos, Gameiro & Canavarro, 2008) ; Scale of Motivations for Parenthood (Guedes, Pereira, Pires, Carvalho & Canavarro, 2013); Scale of control over parenting plans (Moura-Ramos et al., In development); Experiences in Close Relationships – Relationship Structures (Fraley et al., 2011; Portuguese version Moreira & Canavarro, 2011;) and Family Environment Scale (FES) (Moos & Moos, 1986; Matos & Fontaine, 1992). Results showed that the representations of attachment affect the desire for parenting by I the association with the perception of the relationship with the family of origin, affecting the positive and negative motivations for parenting. On other way, we observe that an increase in the desire for parenting is associated with increased intention for parenting and that the association between desire and intention is different for the different levels of control perception. Participants with high desire but low perception of control have lower intention values. Conversely, when participants perceived to have high control over their reproductive plans, event although their desire is reduced, the intention to have a child is high. This study allows a better understanding of the reasons that underlying the reproductive behavior of the individuals.It may prove to be useful and has implications for future research and clinical practice, namely for the promotion of healthy and informed fertility and the creation of policies aimed at increasing the perception of control over the reproductive plans of individuals.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/84213
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Adriana_ Baptista_Dissertação.pdf869.67 kBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

350
checked on Jun 2, 2020

Download(s) 50

329
checked on Jun 2, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons