Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/83660
Title: Alternativas Farmacológicas em Doentes Diagnosticados com Hipersensibilidade aos Anti-inflamatórios Não Esteroides
Other Titles: Pharmacological alternatives for patients diagnosed with hypersensitivity against non-steroidal anti-inflammatory drugs
Authors: Fernandes, Ana Claudia Ramos 
Orientador: Fortuna, Ana Cristina Bairrada
Martins, Ana Paula
Fins, Francisco António Vieira
Keywords: legislação farmácia comunitária; Sistema Nacional de Farmacovigilância; anti-inflamatórios não esteroides; reações de hipersensibilidade aos fármacos; alternativas aos anti-inflamatórios não esteroides; community pharmacy legislation; national pharmacovigilance system; nonsteroidal anti-inflammatory drugs; drug hypersensitivity reactions; alternatives to nonsteroidal anti-inflammatory drug
Issue Date: 26-Sep-2017
Serial title, monograph or event: Alternativas Farmacológicas em Doentes Diagnosticados com Hipersensibilidade aos Anti-inflamatórios Não Esteroides
Place of publication or event: Farmácia Carreço e Unidade de Farmacovigilância de Setúbal e Santarém
Abstract: O plano de estudos do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas inclui arealização de um estágio curricular em Farmácia Comunitária, e de outro estágio numa áreaà escolha, que no meu caso foi a Farmacovigilância. O presente documento encontra-sedividido em 3 partes, sendo que 2 delas abordam, através de uma análise SWOT (PontosFortes, Pontos Fracos, Ameaças, Oportunidades do inglês Strengths, Weaknesses,Opportunities, Threats), todas as tarefas realizadas enquanto estagiária na Farmácia Carreço ena Unidade de Farmacovigilância Setúbal e Santarém.Na parte 3 do documento, consta a monografia intitulada “AlternativasFarmacológicas em Doentes Diagnosticados com Hipersensibilidade aos Anti-inflamatóriosNão Esteroides”, realizada no âmbito da unidade curricular “Estágio”. Os anti-inflamatóriosnão esteroides (AINEs) são fármacos frequentemente associados a reações adversasmedicamentosas (RAMs), nomeadamente reações de hipersensibilidade (RH). Acaraterização do doente com base nas manifestações clínicas e no mecanismo subjacente àsreações ocorridas permite fazer o diagnóstico adequado. Este é muito importante, namedida em que permite o devido controlo do doente, através da escolha de alternativasfarmacológicas mais seguras, que não comprometam a sua vida.A escolha de alternativas seguras depende, em primeiro lugar, do envolvimento deum mecanismo imunológico ou não. Assim, quando o doente apresenta RH imunológica,com reatividade a um único AINE, a administração de um AINE de grupo químico distintodaquele que deu origem à reação é uma alternativa adequada. Nos doentes com RH nãoimunológica, que reagem a vários fármacos de diferentes grupos químicos, a escolha não étão simples, existindo várias alternativas no mercado, mais ou menos seguros. Os inibidoresfracos da COX-1(ciclo-oxigenase) e da COX-2, os inibidores seletivos da COX-2, assimcomo os inibidores preferenciais da COX-2, todos eles AINES, apresentam-se como boasalternativas. O pré-tratamento com anti-histamínicos antes da administração do AINE, e adessensibilização do fármaco são estratégias alternativas recentes, que estão a ser alvo deestudos.
The study programme of the Integrated Masters Degree in Pharmaceutical Sciencesincludes the completion of an internship curriculum in Community Pharmacy, and anotherinternship in an optional area, which in my case was Pharmacovigilance. This document isdivided into 3 parts, 2 of which cover SWOT analysis (Strengths, Weaknesses,Opportunities, Threats) of all tasks performed as an intern at Carreço Pharmacy and at theSetúbal and Santarém Pharmacovigilance Unit.In part 3 of the document reviews the pharmacological alternatives for patientsdiagnosed with hypersensitivity against non-steroidal anti-inflammatory drugs (NSAIDs).NSAIDs are often drugs associated with adverse drug reactions (ADRs), includinghypersensitivity reactions (HR). The characterization of the patient based on the clinicalmanifestations and the mechanism underlying the reactions occurred allow an adequatediagnosis. This is very important as the patient can be controlled through the choice of saferpharmacological alternatives.The choice of safe alternatives depends, first and foremost, on the involvement of animmune mechanism or not. Thus, when the patient has immunological HR, with reactivity toa single NSAID, administration of a NSAID of a different chemical group is a suitablealternative. In the case of patients with non-immunological HR, who react to several drugs ofdifferent chemical groups, the choice is not so simple, there are several alternatives in themarket, more or less safe. COX-1 (cyclooxygenase-1) and COX-2 inhibitors, selectiveCOX-2 inhibitors, and COX-2 inhibitors are good alternatives in patients diagnosed withNSAID hypersensitivity. Pre-treatment with antihistamines prior to the administration ofNSAIDs and drug desensitization are recent alternative strategies, that are undergoingseveral studies.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/83660
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Final Cláudia Fernandes.pdf2.19 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

504
checked on Jul 20, 2021

Download(s) 50

513
checked on Jul 20, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons