Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/81890
Title: Literacia em saúde e complicações em pessoas com diabetes tipo 2
Other Titles: Health literacy and complications in type 2 diabetics
Authors: Cravo, Mariana Guerreiro 
Orientador: Caetano, Inês Rosendo Carvalho e Silva
Keywords: Literacia em saúde; Diabetes mellitus tipo 2; Diabetes mellitus/ complicações; Conhecimento em saúde; Autocuidado; Health literacy; Diabetes Mellitus type 2; Diabetes Mellitus/Complications; Health Knowledge; Self-care
Issue Date: 18-Jan-2018
Serial title, monograph or event: Literacia em saúde e complicações em pessoas com diabetes tipo 2
Place of publication or event: FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA - ÁREA CIENTÍFICA DE MEDICINA GERAL E FAMILIAR
Abstract: Introdução: A pessoa com diabetes está sujeita a desenvolver complicações micro e macrovasculares e a sua prevenção requer um papel ativo da própria pessoa. Assim, a literacia em saúde deverá ser essencial nos resultados em saúde da pessoa com diabetes.Objetivos: Perceber a relação entre literacia em saúde e a prevalência de complicações nas pessoas com diabetes mellitus tipo 2 (DM2). Material e Métodos: Estudo observacional transversal multicêntrico, com aplicação de questionário com dois instrumentos METER e NVS a pessoas com DM2 seguidas num centro de saúde da ARS Centro, ARS LVT e ARS Norte. Recolheram-se também variáveis socio-demográficas, tempo de evolução da doença, HbA1c, tensão arterial e LDL e complicações diagnosticadas.Resultados: A amostra inquirida (N=117), 50,6% do sexo masculino tinha entre 41 e 88 anos. Destes, 49,6% recebe mais que o ordenado mínimo, com formação média de 6,21±3,72 anos. Com o instrumento METER foi possível concluir que 55,6% dos inquiridos têm uma literacia funcional e através do NVS, verificou-se literacia adequada em 21,4% dos inquiridos e 35,9% uma alta probabilidade de literacia limitada. Observou-se, utilizando o instrumento METER que existe uma relação significativa de menor literacia em saúde (p=0,022) com a presença de complicações. Foi possível verificar uma associação significativa (p=0,005) entre presença de neuropatia com uma menor literacia (METER). Não existiu relação significativa entre a presença de complicações e a tensão arterial, LDL, índice socio-económico ou formação dos inquiridos.Conclusão: Verificou-se que existe uma relação significativa entre uma literacia em saúde mais limitada com uma maior prevalência de complicações.
Aims: A person with diabetes is subject to developing micro and macrovascular complications and prevention requires an active role from the person. So, health literacy should have a preponderant role in the results on the health of people with diabetes.Objectives: To understand the relation between health literacy and the prevalence of complications in people with DM2Methods: Multicentric transversal observational study, application of a survey with 2 instruments, METER and NVS, to people with DM2 being followed in an Health Care Centre from ARS Centro, ARS LVT e ARS Norte. Social-demographic variables were collected, such as disease evolution time, HbA1c, more recent blood pressure and LDL values and diagnosed complications.Results: The sample surveyed (N=117), 50,6% were of male gender had between 41 to 88 years of age. From these, 49,6% earns more than the mininum wage, with average level education of 6,21±3,72 years. With METER tool it was possible to conclude that 55,6% of the inquired have functional literacy and through NVS, it was verified adequate literacy in 21,4% of the surveyed and 35,9% had high probability of limited literacy. It was observed, using METER tool that there is a substantial relation of lesser health literacy (p=0,022) with the presence of health complications. It was possible to verify a relevant connection between the presence of neuropathy (p=0,005) with lesser health literacy (METER). There was no significant relation between the presence of health complications and blood pressure values or LDL, social-economic index and surveyed education.Conclusion: From this study it was possible to verify a significant relation between a more limited health literacy with a bigger prevalence of health complications.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/81890
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Mestrado Final - Mariana Cravo.pdf1.56 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

406
checked on Jan 14, 2020

Download(s) 50

377
checked on Jan 14, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons