Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/81463
Title: Organizational climate and team effectiveness: The mediating role of team learning behavior.
Other Titles: Clima organizacional e eficácia grupal: O papel mediador dos comportamentos de aprendizagem.
Authors: Maia, Pedro Filipe Almeida 
Orientador: Berger, Rita
Rebelo, Teresa Manuela Marques Santos Dias
Keywords: Equipas; Clima organizacional; Eficácia grupal; Comportamentos de aprendizagem; Teams; Organizational climate; Team effectiveness; Team learning behaviors
Issue Date: 7-Jul-2017
Abstract: O clima organizacional é um dos temas mais estudados nas ciências organizacionais. Uma pesquisa abrangente sobre este tema mostrou que o clima organizacional influencia vários outputs individuais, grupais ou organizacionais. O estudo atual visa contribuir para uma melhor compreensão da influência do clima organizacional na eficácia grupal, porque existe uma lacuna no estudo deste fenómeno considerando variáveis ​​mediadoras, como é o caso dos comportamentos de aprendizagem grupal. Considerando a abordagem Input-Process-Output e o modelo Input-Mediator-Outcome-Input, o clima organizacional é visto como um antecedente (input) de eficácia. O seu impacto nos resultados das equipas é devido à sua relação com variáveis ​​intermediárias ou intervenientes. Neste estudo, o papel mediador dos comportamentos de aprendizagem grupal foi estudado, porque o clima organizacional é visto como um precedente da aprendizagem em equipa, e uma relação positiva entre comportamentos de aprendizagem e eficácia grupal foi encontrada em pesquisas anteriores. Para avaliar a eficácia grupal, foram considerados os seguintes critérios: desempenho da equipa, viabilidade, qualidade da experiência grupal e inovação. A amostra é composta por 535 participantes (445 membros de equipas e 90 líderes de equipas) de 90 equipas, trabalhando em 40 organizações portuguesas distintas, de diferentes setores e áreas de atividade. Os instrumentos para a recolha de dados foram as versões em português de: CLIOR – Organizational Climate Scale; o Team Learning Behaviors’ Instrument; e o Team Effectiveness Measures. Os dados relacionados a três dos quatro critérios de eficácia da equipe (nomeadamente, desempenho, viabilidade e inovação) foram obtidos dos líderes das equipas, enquanto o quarto critério (qualidade da experiência grupal) e dados relacionados com o clima organizacional e aos comportamentos de aprendizagem grupal foram obtidos dos membros das equipas. Para a análise de dados, a regressão múltipla foi maioritariamente utilizada. Os resultados mostraram que o clima organizacional influencia positivamente os comportamentos de aprendizagem grupal. Os comportamentos de aprendizagem, por outro lado, estão positivamente relacionados com os quatro critérios de eficácia das equipas. Por outras palavras, um clima organizacional positivo permite que os comportamentos de aprendizagem grupais surjam, e estes atuam como mediadores entre o clima organizacional e a eficácia grupal, num modelo de mediação total.
Climate is one of the most studied topics in the organizational sciences. Extensive research on this subject has shown that organizational climate has an impact on a wide range of individual, group or organizational outcomes. The current research aims to be a contribution to further understanding the influence of organizational climate on team effectiveness, because there is a gap in studying this phenomenon considering mediator variables such as team learning behaviors. Considering the Input–Process–Output approach and the Input-Mediator-Outcome-Input effectiveness model, organizational climate is seen as an antecedent (input) of effectiveness. The impact it has on team results is due to its relationship with mediating or intervening variables. In this study, the mediating role of team learning behaviors was studied, because organizational climate is seen as precedent of team learning, and a positive relation between team learning behaviors and team effectiveness has been found in previous research. In order to evaluate team effectiveness, the following criteria were considered: team performance, viability, quality of group experience, and team process improvement. The sample consists of 535 participants (445 team members and 90 team leaders) from 90 teams, working in 40 distinct Portuguese organizations from different sectors and areas of activity. The instruments for data collecting were the Portuguese versions of: the CLIOR – Organizational Climate Scale; the Team Learning Behaviors’ Instrument; and the Team Effectiveness Measures. Data related to three of the four criteria of team effectiveness (namely, team performance, team viability, and team process improvement) were obtained from team leaders, while the fourth criterion (quality of group experience) and data related with organizational climate and team learning behaviors were from team members. For analyzing data, multiple regression analysis was mainly used. The results showed that organizational climate positively influences team learning behaviors. Team learning behaviors, on the other hand, are positively related to all four criteria of team effectiveness. In other words, a positive organizational climate allows team learning behaviors to arise, and these act as mediators between organizational climate and team effectiveness, in a total mediation manner.
Description: Dissertação de Mestrado em Psicologia do Trabalho, das Organizações e dos Recursos Humanos apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/81463
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MThesis_PedroMaia vFINAL.pdf2.47 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

174
checked on May 15, 2019

Download(s) 50

170
checked on May 15, 2019

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons