Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/80577
Title: Vacina contra o HIV
Authors: Cruz, Miguel Oliveira 
Orientador: Borges, Olga
Keywords: HIV; Vacinas contra o HIV
Issue Date: Sep-2015
Abstract: Desde a sua descoberta que o HIV tem sido alvo de muita investigação. Análises estruturais, que possibilitaram criar réplicas do envelope viral, as quais permitiram a realização de estudos in vitro para avaliar a capacidade e a forma de indução da produção de AC capazes de travar a infeção pelo vírus. Passaram 30 anos sem se conseguir uma vacina capaz de neutralizar o vírus, impedindo a propagação da infeção. Numerosos estudos foram iniciados mas poucos foram concluídos, e, no universo dos que chegaram ao fim, apenas alguns obtiveram resultados positivos, sendo RV144 o ensaio com melhores resultados até hoje, com 31, 2% de eficácia. Nos ensaios VAX004 e VAX003, os primeiros ensaios de Fase III realizados em Humanos, a vacina em estudo não demonstrou qualquer eficácia no entanto, o ensaio foi considerado importante pois permitiu perceber o que não resulta como vacina, sendo que depois a seu AG foi utilizado como reforço no ensaio RV144. Muitos outros estudos foram realizados depois deste, alguns chegando mesmo a utilizar R144 como base, tal como HVTN097, outros utilizando antigénios e regimes de vacinação diferentes (HVTN092), mas sempre com o mesmo objectivo: obter uma vacina o mais rapidamente possível para o controlo desta doença.
Since it was discovered, HIV has been the subject of many investigations. The structural analyzes, which permitted to create reproductions of the viral envelope, allowing in vitro studies to assess the capacity of induction, and shape, of Antibody (AB) that are able to halt the infection. However, 30 years have passed without achieving a vaccine capable of neutralizing the virus and preventing the spread of the infection. Many studies have been conducted but few have been completed, and even those who come to an end, only a few of them had positive results, being the RV144 trial the one with best results to date, with 31.2% efficacy. VAX004 and VAX003, the first Phase III trials conducted in Humans, and although the results have not shown any effectiveness, the realization that it was ineffective as a vaccine has guaranteed the study a place of high importance, providing the AG as boost in RV144 . Many other studies have been carried out after this, some using R144 as base, such as HVTN100, and other using different antigens and vaccine regimens (HVTN092), with the same objective: obtain a vaccine as quickly as possible to control this disease.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade de Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/80577
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mon_Miguel Cruz.pdf1.09 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

150
checked on Jul 17, 2019

Download(s) 50

185
checked on Jul 17, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.