Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/79809
Title: O ácido linoleico conjugado (CLA) e a saúde humana
Authors: Mota, Liliana Rute Maia Ferreira da 
Orientador: Santos, Fernando José Lopes dos
Keywords: Nutrição; Metabolismo; Alimento; Ácido linoleico
Issue Date: Mar-2013
Abstract: Introdução: O Ácido Linoleico Conjugado (CLA) é um ácido gordo poliinsaturado que quimicamente corresponde a um grupo de isómeros derivados do Ácido Linoleico. Está presente na alimentação humana, principalmente em alimentos derivados de animais ruminantes, como a carne bovina, o leite e derivados. Foi considerado inicialmente como um agente anticarcinogénico mas, com o passar dos anos, outros efeitos biológicos têm-lhe sido atribuídos, como a prevenção da obesidade, da aterosclerose e de diabetes. Os princi2pais isómeros bioativos são o cis-9,trans-11, mais relacionado com propriedades anticancerígenas, e o trans-10,cis-12, mais associado a alterações da composição corporal. Objetivo: Efetuar uma revisão das investigações realizadas até ao momento. Examinar os efeitos do consumo do CLA na saúde humana. Discutir a dose de ingestão recomendada e a utilização de produtos naturalmente enriquecidos ou suplementos de CLA com fins terapêuticos. Averiguar a segurança da suplementação. Aprofundar os dados disponíveis para conseguirmos influenciar estratégias futuras e definir se se justifica a realização de mais estudos. Métodos: Foram pesquisados artigos científicos publicados entre 2005 e 2012, nas bases de dados da “Pubmed” e da “b-on”, usando as seguintes combinações de palavras: “Conjugated linoleic acid”; “CLA”; “Metabolism”; “Human health”; “Cardiovasculardiseases/prevention”; “Cancer/prevention”; “Obesity”; “Body composition”. A pesquisa incidiu sobre o ácido linoleico conjugado e os seus isómeros principais bem como as suas repercussões na saúde humana, especificamente na prevenção de neoplasias, de doenças cardiovasculares, na sensibilidade à insulina, sistema imune, na composição corporal e no perfil lipídico. Conclusões: Os efeitos biológicos do CLA estão cientificamente provados em modelos animais. No entanto, a extrapolação para humanos carece de mais evidências. O CLA provou ser seguro quando administrado numa dose de 3.5 g/dia. Após 2 anos de suplementação já não há evidências dos seus efeitos. A redução da composição corporal foi mais evidente em doses de 3-4 g/dia, durante 12 semanas, em indivíduos obesos ou com excesso de peso. O isómero cis-9,trans-11 demonstrou ser um anticarcinogénico mais potente, enquanto o isómero trans-10,cis-12 está mais associado às alterações da composição corporal. São necessários mais estudos, principalmente a longo-prazo, que possam minimizar as diferenças entre indivíduos ao longo do plano experimental. Estudos futuros devem incorporar uma vigilância mais apertada em pontos cruciais como: a alimentação que os sujeitos fazem na sua casa; no tipo de exercício que praticam ao longo do estudo; possíveis interações do CLA com outras substâncias. A suplementação pode ser aconselhada mas as pessoas devem ser bem informadas quanto às regras subjacentes e deve-se dar preferência aos alimentos naturais ricos neste composto. Os produtos naturais enriquecidos em CLA e os suplementos, podem ser aconselhados em ocasiões específicas, uma vez que as doses existentes na dieta habitual estão abaixo das doses propostas na literatura
Introduction: Conjugated linoleic acid (CLA) is a polyunsaturated fatty acid which chemically corresponds to a group of isomers derived from linoleic acid. It is present in our food, especially those obtained from ruminant animals, such as beef, milk and other dairy products. At first it was seen as an anticarcinogenic agent but some other biologic effects are known, such as prevention of obesity, atherosclerosis and diabetes. The main isomers with biologic activity are cis-9,trans-11, related with anti-carcinogenic properties, and trans-10,cis 12, associated to changes of body composition. Objectives: Review of the research done to date and examination of the effects of CLA on human health. Discuss the recommended level of intake and use of products naturally enriched with CLA supplementation or therapeutic purposes. Investigation of the safety of its supplementation. Evaluation of the available data so it will be possible to influence future strategies and determine if further studies are justifiable. Methods: For this review, I researched scientific articles published between 2005 and 2012 in the databases of "Pubmed" and "b-on" using following keywords: “Conjugated linoleic acid”, “CLA”, “Metabolism”, “Human health”, “Cardiovascular diseases/prevention”, “Cancer/prevention” and “Obesity”. The research was related to conjugated linoleic acid, its main isomers and their impact on human health, particularly the prevention of cancer, cardiovascular disease, insulin sensitivity, immune system, body composition and lipid profile. Conclusion: Although the biological effects of CLA were quite evident in animals, its extrapolation to human needs more evidence. CLA has proven to be safe when administered at a dose of 3.5 g per day. The CLA supplementation no longer has beneficial effects when it is done for more than 2 years. The body reduction was most evident at doses of 3-4 g per day for 12 weeks in obese or overweight individual. Cis-9,trans-11 isomer was seen as a more potent anticarcinogenic agent, while trans-10,cis-12 were mainly associated with body composition changes. I concluded that more studies are needed, especially long-term ones, which may minimize the differences between individuals along the experimental plan. Further studies should incorporate closer monitoring in crucial points, as: food that individuals make in their home, the type of exercise practiced throughout the study and possible interactions of CLA with other substances. The supplementation can be recommended but people should be informed about inherent rules and natural food with high levels of this compound should be preferred. Products naturally enriched with CLA and supplements might be recommended in some specific occasions, since regular doses in food do not correspond to those therapeutic doses found in these studies
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina àrea científica de Nutrição Clinica, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/79809
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
tese li final com capa.pdf515.4 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

269
checked on Oct 14, 2019

Download(s)

115
checked on Oct 14, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.