Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/79618
Title: Sabonetes antibacterianos: eficácia e segurança
Authors: Martins, Cátia Guadalupe Dias 
Orientador: Domingues, Sara Margarida Santos
Keywords: Sabonetes; Farmacologia; Antibióticos
Issue Date: Jul-2014
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A pele das mãos é constituída por três tipos de flora microbiana: a flora residente, a flora transitória e a flora infeciosa. As bactérias da flora residente têm um grande impacto sobre as funções fisiológicas, conferindo proteção contra infeções. Ao contrário da flora residente, que raramente é patogénica, a flora transitória e a infecciosa têm um elevado potencial patogénico. As infecções hospitalares e as intoxicações alimentares são problemas de saúde pública. A correta higienização das mãos é importante na redução da transmissão de bactérias patogénicas, principalmente em meio hospitalar e em locais de manipulação de alimentos. Os sabonetes antibacterianos não são mais eficazes do que o sabão convencional e água na lavagem das mãos. Estes produtos contêm substâncias químicas com o objetivo de reduzir ou prevenir a contaminação bacteriana (biocidas). Alguns biocidas são tóxicos, não só para o utilizador final, mas também para o meio ambiente e a sua utilização está associada a problemas como o potencial desenvolvimento de resistência bacteriana. No futuro, são necessários mais estudos para comprovar a segurança e eficácia da utilização de sabonetes antibacterianos.
The bacterial flora present in the human hands fall into three main classifications: resident, transient and infectious. The bacteria of the resident flora have a huge impact on physiological functions, providing protection against infections. Unlike the resident flora, which is rarely pathogenic, the infectious and transient flora have a higher pathogenic potential. Hospital infections and food infections/intoxications are a serious public health problem. Proper hand hygiene is important in the reduction of the transmission of pathogenic bacteria, in hospitals and in food handling places. Antibacterial soaps are not more effective than conventional soap and water handwashing. These products contain chemicals with the aim to reduce or prevent bacterial contamination (biocides). Some biocides are toxic not only to the end user, but also to the environment and its use is associated with some problems, like the potential development of bacterial resistance. In the future, further studies are needed to prove the safety and effectiveness of using antibacterial soaps.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade de Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/79618
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
M_catia martins.pdf1.75 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

241
checked on Feb 19, 2020

Download(s) 20

884
checked on Feb 19, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.