Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/79580
Title: Dentes temporários : uma abordagem na identificação forense
Authors: Xavier, Maria Teresa Antunes de Azevedo 
Orientador: Corte-Real, Francisco
Keywords: Odontologia forense; Dentes
Issue Date: 2012
Abstract: 1. Introdução No contexto de desastres de massa e devido ao aumento do número de crimes cometidos contra crianças, na forma de rapto, violência física e sexual, tornouse imperativo dispor de métodos de identificação orientados para este grupo etário. As limitações da utilização dos métodos convencionais (métodos morfológicos, Medicina Dentária Forense e Dactiloscopia) em crianças advêm do facto de nem sempre existirem registos de impressões digitais ou dentários actualizados, podendo a Genética Forense constituir uma opção nestes casos. Devido às suas propriedade físicas, os dentes são uma óptima fonte de ADN, visto resistirem a condições extremas de temperatura e humidade, permitindo a obtenção do perfil genético de um individuo, após um longo período de tempo. 2. Objectivos Os objectivos específicos deste estudo experimental visaram essencialmente responder às seguintes questões: 1. É possível obter um perfil genético completo (com pelo menos 15 marcadores STR e a amelogenina), a partir do ADN extraído de dentes temporários esfoliados? 2. Existe alguma diferença nos resultados da quantificação entre os grupos definidos tendo por base o tempo decorrido desde a esfoliação dentária (< ou ≥ 12 anos) e o género? 3. Existe alguma correlação entre o tempo de preservação da amostra e a quantidade de ADN obtida? 3. Material e Métodos Foram incluídos 37 dentes anteriores temporários preservados durante um período de tempo inferior a 27 anos. Os tecidos mineralizados foram reduzidos a pó num moinho criogénico e o ADN quantificado por PCR em tempo real (Human Quantifiler kit - Applied BiosystemsTM); os principais polimorfismos utilizados na identificação genética foram analisados com recurso aos kits AmpFℓSTR® Identifiler™ e AmpFℓSTR® Identifiler™ - Applied BiosystemsTM, nos seguintes loci: D8S117, D21S11, D7S820, CSF1PO, D3S1358, TH01, D13S317, D16S539, D2S1338, D19S433, vWA, TPOX, D18S51, D5S818, FGA e amelogenina. Em amostras cujos valores de quantificação foram inferiores a 0.06.ng/µL recorreu-se a um dos kits AmpFℓSTR® NGM e AmpFℓSTR® NGM SElectTM nos seguintes loci: D10S1248, vWA, D16S539, D2S1338, D8S1179, D21S11, D18S51, D22S1045, D19S433, TH01, FGA, D2S441, D3S1358, D1S1656, D12S391, SE33 e amelogenina. As amostras de referência foram recolhidas, através de zaragatoa bucal, da cavidade oral dos mesmos dadores; o ADN foi extraído pelo método Chelex 100, seguido da amplificação por PCR, utilizando o mesmo kit usado nos dentes. 4. Resultados e conclusões Foi possível obter um perfil genético completo em 89.2% (com um intervalo de confiança a 95% para a obtenção de perfis completos compreendido entre 86.0% e 92.4%). Não se verificam diferenças significativas entre os grupos tempo de preservação: < ou ≥ 12 anos (p-value: 0.492) e também entre grupos sexo masculino e sexo feminino (p-value: 0.616). Pelo coeficiente de Pearson verificou-se que o tempo e quantificação de ADN têm uma correlação fraca e são inversamente proporcionais. Em conclusão, relativamente às questões elaboradas como objectivos deste trabalho, e respeitando as limitações inerentes a este tipo de estudos, poderemos afirmar que: A. Os resultados deste estudo permitem concluir que é possível obter perfis completos, com pelo menos 15 marcadores de STR e amelogenina, a partir de dentes temporários esfoliados. B. Podem constituir uma amostra fidedigna, uma vez ter sido possível confirmar os perfis genéticos resultantes dos dentes temporários com as amostras de referência.
1. Introduction In the context of mass disasters and an increasing number of crimes committed against children in the form of kidnapping, physical and sexual abuse, makes it mandatory to have reliable identification methods for this age group. The limitations of using conventional methods (morphological methods, Forensic Dentistry and fingerprinting) in children derive from the fact that fingerprints and updated dental records are not always available and thus, Forensic Genetics can be an option in these cases. Due to its physical properties, teeth represent an excellent source of DNA, allowing the obtainment of a genetic profile of an individual after a long period of time. 2. Objectives The specific objectives of this experimental study are: 1. It is possible to obtain a complete profile (at least 15 markers STR and Amelogenin), from DNA extracted from exfoliated temporary teeth, preserved at ambient conditions for a period of time less than 27 years; 2. Is there a sugnificant difference in the results of DNA quantification between the groups defined based on the time elapsed since exfoliation (< or ≥ 12 years) and gender? 3. Is there any correlation between the time of preservation and the quantity of DNA obtained from exfoliated temporary teeth. 3. Materials and methods We collected 37 temporary front teeth preserved less then 26 years. The mineralized tissues were reduced to powder in a cryogenic mill and DNA extracted and quantified by real time PCR (Human Quantifier kit - Applied BiosystemsTM); the genetic polimorphisms used were analised using AmpFℓSTR® Identifiler™ and AmpFℓSTR® Identifiler™ - Applied BiosystemsTM kits in the following loci: D8S117, D21S11, D7S820, CSF1PO, D3S1358, TH01, D13S317, D16S539, D2S1338, D19S433, vWA, TPOX, D18S51, D5S818, FGA and Amelogenin. Samples with DNA quantification values under 0.06.ng/µL were analised with AmpFℓSTR® NGM and AmpFℓSTR® NGM SElectTM kits in the following loci: D10S1248, vWA, D16S539, D2S1338, D8S1179, D21S11, D18S51, D22S1045, D19S433, TH01, FGA, D2S441, D3S1358, D1S1656, D12S391, SE33 and Amelogenin. Reference samples were collected via buccal swab from the oral cavity of the same donors; DNA was extracted using Chelex 100 method, followed by PCR amplification, using the same kit used in teeth. 4. Results and conclusions Complete DNA profiles were obtained from exfoliated primary teeth in 89.2% (CI95%: 84.1-94.3). There were no statistically difference in DNA quantity between of preservation time < or ≥ 12 years (p-value: 0.492) and also between males and females (p-value: 0.616). We observed a trend in the correlation between DNA quantity and time post-mortem, which were inversely proportional. Considering the main objectives and results of this study, we may conclude that: A. In is possible to obtain a complete genetic profile with at least 15 STR markers and Amelogenin from exfoliated primary teeth. B. Primary exfoliated teeth may represent a powerful tool for genetic analysis and identification, with a great value as ante-mortem record.
Description: Dissertação de mestrado em Medicina àrea científica de Medicina Legal e Ciências Forenses, apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/79580
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
tese final.pdf26.92 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

159
checked on Nov 28, 2022

Download(s)

241
checked on Nov 28, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.