Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/47654
Title: Attention deficit in multiple sclerosis
Authors: Cunha, Carlota de Castro Nunes Vicente 
Orientador: Freire, António
Baptista, Sónia
Keywords: Esclerose múltipla; Fadiga; Emprego
Issue Date: Apr-2010
Abstract: Attention deficit is known to be present early in MS and may be an important indicator of cognitive decline, as it is likely to represent the early neuropsychological manifestation of the disease. The present study employs a concentrated or focused measure of attention. We enrolled 35 MS patients and 29 controls. Attention deficit was assessed using the Toulouse Pieron Test of Concentrated Attention (TPT). The Portuguese versions of Beck Depression Inventory (BDI) and the Modified Fatigue Impact Scale (MFIS), were used to determine the influence of these variables on attention scores. Performance differed between MS-patients and controls in work capacity of TPT, but not with regards to dispersion index. Attention deficit correlated with fatigue and unemployment but not with neurological disability as measured by EDSS. Our results show that MS patients present an impairment of focused attention which is significantly associated with fatigue and that it seems to be an important predictor of unemployment.
O deficit de atenção está presente numa fase precoce da esclerose múltipla (EM) e pode ser um indicador importante de declínio cognitivo, uma vez que possivelmente representa a manifestação cognitiva inicial da doença. Este estudo emprega uma medida de atenção seletiva ou concentrada. Incluímos neste estudo 35 doentes com EM e 29 controlos normais. O Teste de Toulouse Pieron de Atenção Concentrada foi usado como medida de défice de atenção. As versões portuguesas do BDI (Beck Depression Index) e do MFIS (Modified Fatigue Impact Scale) foram usadas para determinar a influência destas variáveis nos resultados de atenção. A performance dos doentes com EM diferiu significativamente dos controlos normais no que diz respeito ao rendimento de trabalho do TTP mas não em relação ao índice de dispersão. A depressão e a fadiga apresentaram uma maior prevalência entre os doentes. O deficit de atenção correlacionou-se com a fadiga e o desemprego. Os resultados mostram que os doentes com EM apresentam uma diminuição da atenção concentrada que está relacionada com a fadiga e parece ser um importante preditor de desemprego nesta população
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina área científica de Neurologia, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/47654
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Attention deficit in Multiple Sclerosis.pdf519.11 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

112
checked on Feb 24, 2021

Download(s)

68
checked on Feb 24, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.