Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/43470
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSantos, Lúcia-
dc.contributor.authorAlcoforado, Luis-
dc.contributor.authorCordeiro, António-
dc.date.accessioned2017-09-17T19:32:34Z-
dc.date.available2017-09-17T19:32:34Z-
dc.date.issued2017-06-30-
dc.identifier.issn2317-6091por
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/43470-
dc.description.abstractO presente trabalho procura analisar a evolução das teorias políticas e econômicas mais relevantes, bem como os tipos de Estado que lhes estão associados, que foram se sobrepondo no decorrer dos últimos três séculos nas sociedades democráticas ocidentais e que mais diretamente foram interferindo na elaboração e execução das políticas públicas de educação. Em seguida, reflete-se sobre as suas implicações na forma como o pensamento educativo foi sendo construído e sedimentado. Partindo dessa análise, termina-se por equacionar as mudanças fundamentais que se perspectivam no pensar de algumas dimensões das políticas educativas públicas, situando-as, sobretudo, na necessidade de associar as lógicas nacionais e transnacionais às políticas de base local, que, por meio de uma ação conjunta e concertada, mobilizem a comunidade no sentido de formar cidadãos capazes, sem perder de vista a escala global, de agir em âmbito local, a partir do conhecimento da sua própria realidade e induzir uma nova noção de desenvolvimento, o qual se espera que seja integrado e sustentado. Abstract This paper seeks to analyze the evolution of the most relevant political and economic theories, as well as the associated state types, during the last three centuries in western democratic societies and that most directly interfered in the elaboration and execution of public education policies, to reflect on their implications in the construction and consolidation of educational thinking. Starting from this analysis, it ends up by equating the fundamental changes that are perceived in the thinking of some dimensions of the public educational policies, placing them in the need to associate local policies to national and transnational logics, that can, through joint and concerted action, mobilize the community to train citizens who, without forgetting the global scale, are able to act at the local level, based on the knowledge of their own reality, and to induce a new notion of development, which is expected to be integrated and sustained.por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUnisal, Centro Universitário Salesiano de São Paulopor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectPolíticas públicas em educaçãopor
dc.subjectDesenvolvimento e educaçãopor
dc.subjectIdeologia e poderpor
dc.titlePolíticas de educação: as diferentes responsabilidades e opções dos poderes públicospor
dc.typearticle-
degois.publication.firstPage37por
degois.publication.lastPage64por
degois.publication.issueano XIXpor
degois.publication.locationAmericanapor
degois.publication.titleRevista de Ciências da Educação Americanapor
dc.peerreviewedyespor
dc.identifier.doi10.19091por
degois.publication.volumenº 37por
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
item.languageiso639-1pt-
crisitem.author.deptFaculdade de Letras, Universidade de Coimbra-
crisitem.author.researchunitCentre for 20th Century Interdisciplinary Studies-
crisitem.author.orcid0000-0002-8648-3204-
Appears in Collections:FLUC Geografia - Artigos em Revistas Internacionais
Files in This Item:
File Description SizeFormat
581-1341-1-SM - Educação_Americana17.pdf332.3 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s)

155
checked on Nov 13, 2019

Download(s) 50

160
checked on Nov 13, 2019

Google ScholarTM

Check

Altmetric

Dimensions


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.