Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/42153
Title: Para descolonizar os Estudos para a Paz: o contributo de Boaventura de Sousa Santos e o resgate do sentido crítico do pensamento sobre a paz
Authors: Ricarte, Joana 
Keywords: Estudos para a Paz; Modernidade; Conhecimento hegemônico; Descolonização; Epistemologias do Sul; Peace Studies; Modernity; Hegemonic knowledge; Decolonizaton; South Epistemologies
Issue Date: Jun-2015
Publisher: Centro de Estudos Sociais
Journal: http://hdl.handle.net/10316/42148
Serial title, monograph or event: Colóquio Internacional Epistemologias do Sul: aprendizagens globais Sul-Sul, Sul-Norte e Norte-Sul - Actas
Volume: 1
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: No artigo “Margem crítica e legitimação nos Estudos para a Paz”, Pureza e Cravo sugerem que a recuperação da abordagem crítica dos Estudos para a Paz - cooptados pelo sistema de saber-poder hegemônico - pode ser conseguida através de uma radicalização de sua margem crítica, que passa pelo reconhecimento da “parcialidade e imperfeição dos conceitos que subjazem à modernidade ocidental” e consequente abertura epistemológica da disciplina para as heterogeneidades e pluralidades, o que os autores chamam de descolonização do conhecimento da disciplina (Pureza e Cravo, 2005: 17-18). Como operacionalizar essa descolonização epistemológica e consequente resgate do seu sentido crítico e emancipador original? Este trabalho propõe uma releitura da obra e conceitos de Boaventura de Sousa Santos como um dos caminhos possíveis de reestruturação do conhecimento crítico sobre a paz.
In the article “Critical Edge and Legitmation in Peace Studies”, Pureza and Cravo suggest that recovering the critical lineage of Peace Studies – that came to be coopted by regulatory structures of the international system – can be done through a radicalization of its critical approach and consequent epistemological decolonization of the discipline. This means that it should assume the “biases and flaws of the concepts underlying Western modernity” and open up as a result to heterogeneity and to plurality (Pureza and Cravo, 2005: 17-18). How is it possible to operate this epistemological decolonization and consequent recovering of the original critical and emancipatory approach of Peace Studies? This paper proposes a re-reading of Boaventura de Sousa Santos’ work and concepts as one of the possible paths one should walk in order to restructure critical knowledge of peace.
URI: http://hdl.handle.net/10316/42153
ISBN: 978-989-95840-5-1
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Artigos e Resumos em Livros de Actas

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Para descolonizar os Estudos para a Paz.pdf763.89 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

148
checked on Apr 1, 2020

Download(s)

61
checked on Apr 1, 2020

Google ScholarTM

Check

Altmetric


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.