Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/36466
Title: Resistência ao fogo de colunas de aço enformado a frio com secção em sigma
Other Titles: Fire resistance of cold-formed steel columns with sigma cross-section
Authors: Mota, Alexandre da Silva 
Orientador: Rodrigues, João Paulo Correia
Laim, Luís Miguel dos Santos
Keywords: Resistência ao fogo; Colunas; Aço enformado a frio
Issue Date: Dec-2016
Abstract: Ao longo dos últimos anos, tem-se verificado um uso crescente de elementos em aço enformado a frio (AEF) na construção, crescimento esse que impulsionou a criação de normas de dimensionamento específicas para este tipo de elementos. No entanto, ainda não foram estabelecidas normas de dimensionamento ao fogo direcionadas para elementos de AEF, situação em que o aumento de temperatura se faz acompanhar de uma degradação das propriedades mecânicas do aço, comprometendo assim a sua resistência à encurvadura. Apesar disso, a norma EN 1993-1-2 (2005), relativa ao dimensionamento ao fogo de estruturas metálicas em aço laminado a quente, permite a sua aplicação a elementos com secção de Classe 4, na qual se inserem a vasta generalidade das secções enformadas a frio. No entanto, esta aplicação pode conduzir a resultados não conservadores. Neste contexto, foi levada a cabo uma análise experimental e numérica em colunas de AEF com secção em sigma (Σ) sujeitas a altas temperaturas, com restrição à dilatação térmica. Foi estudada a influência da secção transversal e condições de apoio das colunas no seu comportamento estrutural, avaliando ainda o efeito dos reforços presentes na alma dos perfis na sua resistência ao fogo. A análise numérica foi realizada através do software de elementos finitos Abaqus, com o intuito de desenvolver modelos capazes de reproduzir os resultados obtidos experimentalmente. Os resultados obtidos sugerem que o aumento da rigidez axial das colunas conduza a um colapso prematuro face ao desenvolvimento das forças de restrição, enquanto colunas com menor rigidez axial apresentem maior sensibilidade ao aumento de temperatura e respetiva degradação das propriedades mecânicas. Quando comparado a secções com menos dobras, as colunas em Σ apresentaram um pior comportamento ao fogo, atingindo o colapso para menores temperaturas. A maior suscetibilidade à degradação das propriedades mecânicas nas dobras levou a uma perda significativa da rigidez das colunas, contribuído assim para a antecipação do seu colapso. Relativamente à modelação numérica, a introdução de imperfeições geométricas, rotulas com rigidez rotacional e de pequenas excentricidades na aplicação do carregamento permitiu a calibração dos modelos, permitindo assim a realização futura de estudos paramétricos.
URI: http://hdl.handle.net/10316/36466
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Eng.Civil - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Resistência ao fogo de colunas de aço enformado a frio com secção em sigma.pdf5.03 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

146
checked on Feb 11, 2020

Download(s)

145
checked on Feb 11, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.