Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/35331
Title: Caraterização microscópica das interfaces adesivas em dentição decídua: estudo piloto
Authors: Cunha, Bárbara Soares da 
Orientador: Ramos, João Carlos
Soares, Ana Daniela
Keywords: Sistemas adesivos; Dentes decíduos; Autocondicionante; MEV; Interface adesiva; Condicionamento total; Microscopia confocal; Resina hidrofóbica
Issue Date: 2016
Abstract: Introdução: Ao longo dos anos, os sistemas adesivos tornaram-se de extrema importância para a realização de restaurações em resina composta permitindo utilizar técnicas mais conservadoras e estéticas, apresentando-se sob três formas: condicionar e lavar, autocondicionante e estratégia mista (condicionamento ácido seletivo ao esmalte em conjunto com a abordagem autocondicionante na dentina). Os fabricantes procuram desenvolver sistemas adesivos que, apresentando um menor número de passos clínicos, conduzam a uma simplificação da técnica, o que pode ser eventualmente vantajoso na consulta de Odontopediatria. Objetivos: Comparação microscópica da interface adesiva de um sistema adesivo universal aplicado segundo uma estratégia autocondicionante (ScotchbondTM Universal Adhesive) com e sem uma camada adicional de resina hidrofóbica, sob condições de pressão pulpar simulada, em dentes decíduos. Materiais e Métodos: A face oclusal de quatro molares decíduos foi cortada perpendicularmente ao seu longo eixo de modo a expor uma superfície uniforme de dentina, e de seguida aleatoriamente distribuídos por dois grupos (com e sem camada adicional de resina hidrofóbica). Os dentes foram restaurados sob pressão pulpar simulada, conseguida com uma coluna de água de 34 cm de altura corada com fluoresceína 0,1%, e recorrendo ao adesivo universal ScotchbondTM Universal corado com rodamina, à resina hidrofóbica (AdperTM Scotchbond Multi-purpose) e à resina composta (FiltekTM P60). Uma semana após a realização das restaurações, os dentes foram seccionados paralelamente ao seu longo eixo e a interface adesiva foi analisada por microscopia confocal de varrimento a laser e por microscopia eletrónica de varrimento. Resultados: A análise qualitativa das imagens obtidas por microscopia eletrónica de varrimento demonstraram a existência de uma interface adesiva bem definida, com a formação de numerosos resin tags, com prolongamentos laterais para o interior dos microcanais transversais, caraterísticos dos dentes decíduos, em ambos os grupos. Através das imagens obtidas por microscopia confocal de varrimento a laser, foi possível verificar que a camada adicional de resina hidrofóbica diminui a infiltração da água proveniente dos túbulos dentinários (existindo consequentemente uma concentração de fluoresceína inferior na resina composta da restauração). Conclusão: Tendo em conta as limitações deste estudo, é possível concluir que a aplicação de uma camada adicional de resina hidrofóbica pode melhorar o desempenho adesivo do ScotchbondTM Universal. Introduction: Over the years, the adhesive systems have become extremely important for the realization of composite resin restorations allowing more conservative and esthetic techniques, presented in three modes: etch-and-rinse, self-etch and mixed strategy (selective etching of enamel in conjunction with a self-etching approach). Manufacturers seek to develop adhesive systems that, with a less clinical steps, lead to the technique simplification, which can be advantageous in Pediatric Dentistry. Aim: Microscopic comparison of adhesive interface of a universal adhesive system applied in the self-etching strategy (ScotchbondTM Universal Adhesive) with and without an additional layer of hydrophobic resin, under simulated pulpal pressure condition, in deciduous teeth. Materials and Methods: The occlusal surface of four deciduous molars was cut perpendicular to its long axis in order to expose a uniform dentine surface, and then randomly distributed in two groups (with and without additional layer of hydrophobic resin). Teeth were restored under simulated pulpar pressure, achieved with a water column of 34 cm tall dyed with fluorescein 0,1%, using the universal adhesive ScotchbondTM Universal dyed with rhodamine, an hydrophobic resin (AdperTM Scotchbond Multi-purpose) and composite (FiltekTM P60). A week after restoration, teeth were sectionated parallel to its long axis and the adhesive interface was analyzed by confocal laser scanning microscopy and by scanning electron microscopy. Results: The qualitative analysis of images obtained by scanning electronic microscopy showed the existence of a well-defined adhesive interface, with the formation of numerous resin tags, with lateral extensions to the interior of the microchannels, characteristic of the deciduous teeth, in both groups. Through the images obtained by confocal laser scanning microscopy, it was possible to verify that an additional layer of hydrophobic resin reduces the infiltration of water from the dentinal tubules (there is lower fluorescein concentration in the composite resin restoration). Conclusion: Regarding the limitations of this study, it can be concluded that the application of an additional layer of hydrophobic resin can improve performance of the Scotchbond™ Universal adhesive.
Description: Trabalho final do 5º ano com vista à atribuição do grau de mestre no âmbito do ciclo de estudos de Mestrado Integrado em Medicina Dentária apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/35331
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Med. Dentária - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Barbara Cunha.pdfTese Barbara Cunha1.22 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

231
checked on Dec 5, 2022

Download(s) 5

2,286
checked on Dec 5, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.