Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/34209
Title: Arquéstrato, Iguarias do Mundo Grego. Guia gastronómico do Mediterrâneo Antigo
Authors: Soares, Carmen 
Keywords: Literatura gastronómica; Grécia antiga; Arquéstrato; alimentação do Mediterrâneo; ingredientes; técnicas culinárias; história da alimentação
Issue Date: Nov-2016
Publisher: IUC
Project: Trabalho desenvolvido no âmbito do projeto UID/ELT/00196/2013, financiado pela FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia 
Publicação financiada pela Fundação Calouste Gulbenkian, no âmbito do: Concurso anual de 2014 de Apoio a Projectos de Investigação no domínio da Língua e Cultura Portuguesas. 
Abstract: A presente obra constitui a primeira tradução para português do texto grego de literatura gastronómica mais antigo a ter chegado aos nossos dias, ainda que apenas sob a forma de fragmentos. O poema do siciliano Arquéstrato (séc. IV a. C.) é um retrato da alimentação requintada das elites aristocráticas, com poder económico para comprar o mais caro dos ingredientes (o peixe fresco de qualidade) e para realizar as rotas gastronómicas implícitas no texto. No cap. I procede-se à análise dos dados biográficos do autor e à história da transmissão e receção da sua obra até aos nossos dias. Segue-se a tradução dos 60 fragmentos que a compõem (cap. II), acompanhada de notas explicativas e de fotos de algumas das iguarias (reproduzidas da forma mais fidedigna possível). No cap. III realiza-se uma análise detalhada do contributo do poema para a história da alimentação na Grécia antiga. Aí a “cozinha de Arquéstrato” é considerada sob cinco perspectivas: produtos, métodos culinários, utensílios, mobiliário e agentes de produção. Destaca-se nesta parte o recurso a mapas de localização de ingredientes usados na confeção das receitas culinárias presentes na obra e um pormenorizado estudo da terminologia técnica usada no universo da cozinha do poeta. A obra está, ainda, complementada por um anexo com as receitas das fotos, atualizadas segundo os padrões modernos, pela bibliografia (edições e estudos) e por índices de fauna e flora alimentares mencionados (em português, nome latino científico e em grego).
URI: http://hdl.handle.net/10316/34209
ISBN: 978-989-26-1244-7
Other Identifiers: 10.14195/978-989-26-1245-4
DOI: 10.14195/978-989-26-1245-4
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Estudos Clássicos - Livros e Capítulos de Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquéstrato-Carmen.pdfA presente obra constitui a primeira tradução para português do texto grego de literatura gastronómica mais antigo a ter chegado aos nossos dias, ainda que apenas sob a forma de fragmentos. O poema do siciliano Arquéstrato (séc. IV a. C.) é um retrato da alimentação requintada das elites aristocráticas, com poder económico para comprar o mais caro dos ingredientes (o peixe fresco de qualidade) e para realizar as rotas gastronómicas implícitas no texto.29.01 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

WEB OF SCIENCETM
Citations

2
checked on Jun 25, 2019

Page view(s) 50

350
checked on Jul 16, 2019

Download(s) 20

693
checked on Jul 16, 2019

Google ScholarTM

Check

Altmetric


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons