Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/34185
Title: A reedificação da igreja de São Julião em Lisboa : estudo bioantropológico de uma amostra de 22 indivíduos e um ossário inumados na primeira metade do século XIX
Authors: Leitão, Sara Cristina dos Santos 
Orientador: Cunha, Eugénia
Matos, Vitor
Keywords: Período pós- pombalino; Museu do Dinheiro; esqueleto humano; antropologia funerária; antropologia dentária; paleopatologia
Issue Date: 2016
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Os estudos bioantropológicos permitem reconstruir padrões de vida das populações pretéritas. A presente dissertação visa o estudo de uma amostra de 22 indivíduos inumados in situ e de um ossário, provenientes da unidade estratigráfica 27 das escavações realizadas, em 2010 e 2011, na igreja de São Julião, atualmente sede do Museu do Dinheiro, em Lisboa. A amostra data dos inícios da primeira metade do século XIX. A análise laboratorial baseou-se na observação macroscópica, a olho nu e através de radiografias, e nas metodologias convencionalmente estabelecidas para investigações paleodemográficas e paleopatológicas, tendo em conta as necessidades específicas impostas pelo material em estudo. Os vestígios osteológicos recuperados do ossário permitiram a observação de um número mínimo de 3 indivíduos, 2 adultos um do sexo feminino e outro do sexo masculino, e de um não-adulto. Das inumações primárias observou-se a presença de 18 indivíduos adultos, dos quais 9 femininos, 7 masculinos, destes 2 adultos jovens, e 2 de sexo indeterminado. Dois dos 4 indivíduos não adultos tinham idades compreendidas entre 0 e 2 anos e os restantes entre 5 e 9 anos. As médias das estaturas foram: 159,44 cm ± 4,35 cm(n=9) no sexo feminino, 172,34 cm ± 4,79 cm (n=7) no sexo masculino e 163,14 cm ± 4,63 cm (n=2) nos de sexo indeterminado. Da análise das alterações patológicas orais destacam-se a presença de cáries e a acumulação de cálculo dentário em 90% (9/10) dos casos observados, e ainda em 20% (2/10) dos indivíduos o desgaste atípico, a presença de hipoplasias e a presença de lesões periapicais. Das restantes alterações patológicas observadas destacam-se a presença de alterações degenerativas articulares em 94% (17/18) dos indivíduos. Destaca-se, ainda, a presença de alterações possivelmente associadas a disfunções metabólicas (n=2), doenças infeciosas (n=2) e eventos traumáticos (n=6). Nos esqueletos 2767, 2770 e 2786 observou-se a presença de ossificações atípicas correspondentes à região da faringe. As comparações efetuadas com um estudo prévio de material osteológico do mesmo local não revelaram diferenças assinaláveis.
Bioanthropological studies allow to reconstruct living standards of past populations. This thesis aims to study of a sample of 22 individuals buried in situ and an ossuary, from the stratigraphic unit 27 of the excavations carried out in 2010 and 2011, at the Church of São Julião, now headquarters of the Museu do Dinheiro in Lisboa. The sample dates from the beginning of the first half of the nineteenth century. Laboratory analysis was based on eye naked macroscopic observation and radiographs. Methodologies conventionally established for paleodemographic and paleopathological investigations were used, taking into account the specific requirements imposed by the material under study. The osteological remains recovered from the ossuary allowed the observation of a minimum of three individuals, two adults, one female and the other male, and a non-adult. The primary burials corresponds to 18 adults, 9 females and 7 males – two of these young adults -, and 2 with unknown sex. Two of the 4 non-adult individuals were aged between 0 and 2 years old and the remaining between 5 and 9 years. The mean statures were 159,44 cm ± 4,35 cm (n = 9) in females, 172,34 cm ± 4,79 cm (n = 7) in males and 163,14 cm ± 4,63 cm (n = 2) in those with undetermined sex. Oral pathological changes, namely caries and dental calculus accumulation, were observed on 90% (9/10) of skeletons. Atypical wear, hypoplasias and periapical lesions were registered in 20% (2/10) of individuals. Among the remaining pathological changes observed the presence of degenerative joint changes was found in 94% (17/18) of the individuals. Noteworthy is also the presence of changes possibly associated with metabolic disorders (n=2), infectious diseases (n=2) and traumatic events (n=6). In the skeletons 2767, 2770 and 2786 it was observed the presence of atypical ossification corresponding to the pharyngeal region. Comparisons made with a previous study of osteological material from the same site revealed no notable differences.
Description: LEITÃO, Sara Cristina dos Santos - A reedificação da igreja de São Julião em Lisboa : estudo bioantropológico de uma amostra de 22 indivíduos e um ossário inumados na primeira metade do século XIX. Coimbra : [s.n.], 2016. Dissertação de Mestrado.
URI: http://hdl.handle.net/10316/34185
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
tesefinal (Guardado automaticamente).pdf3.32 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

498
checked on Oct 21, 2019

Download(s)

111
checked on Oct 21, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.