Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/32988
Title: Atenção auto-focada, ansiedade antecipatória e aceitação experiencial na ansiedade aos testes em estudantes do ensino superior
Authors: Ventura, Carla Alexandra Marques 
Orientador: Salvador, Maria do Céu
Keywords: Ansiedade aos testes; Ansiedade-antecipatória; Atenção auto-focada; Aceitação; Mediação
Issue Date: 2016
Serial title, monograph or event: Atenção auto-focada, ansiedade antecipatória e aceitação experiencial na ansiedade aos testes em estudantes do ensino superior
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Antes de um exame, os indivíduos com elevada ansiedade aos testes tendem a antecipar o seu fracasso e a duvidar das suas capacidades para desempenhar eficazmente a tarefa. Durante a situação de avaliação, os indivíduos focam-se em aspetos relativos a si (e.g. sintomas físicos, comportamentos, pensamentos), fazendo com que a sua atenção não esteja totalmente focada na tarefa, acabando por aumentar os níveis de ansiedade aos testes, e consequentemente afetando também o seu desempenho. Por outro lado, sabemos que a não-aceitação da experiência interna (ex., ansiedade e os seus sintomas) poderá, paradoxalmente, aumentá-la. Embora a literatura enfatize a relação da ansiedade antecipatória e da atenção auto-focada com a ansiedade aos testes, não existe qualquer referência ao papel da aceitação nestas relações. Assim, este estudo teve como objetivo último verificar se a aceitação teria um papel mediador nestas relações. A amostra foi constituída por 251 estudantes do ensino superior, com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos (M = 20.43; DP = 2.41). Os resultados obtidos corroboram as hipóteses colocadas: a ansiedade aos testes, a ansiedade antecipatória e a atenção auto-focada apresentaram corelações positivas entre si e negativas com a aceitação. Verificou-se também que a ansiedade antecipatória e a atenção auto-focada se estabeleceram como preditores significativos da ansiedade aos testes. Observou-se ainda que a aceitação teve um efeito mediador parcial nas relações da ansiedade antecipatória e da atenção auto-focada com a ansiedade aos testes. Estes resultados apontam para a importância de trabalhar terapeuticamente aspetos de aceitação da experiência interna antes e durante uma situação de teste, para diminuir o impacto da ansiedade antecipatória e da atenção auto-focada na ansiedade aos testes.
Before an exam, individuals with high level test anxiety tend to anticipate their failure and have doubts about their abilities to perform the task. During the evaluating situation, individuals also focus in aspects related to themselves (e.g., physical symptoms, behaviours, thoughts), which will not allow their attention to be focused on the evaluation task, increasing test anxiety levels and, consequently, affecting their performance. On another hand, the non-acceptance of internal experience (e.g., anxiety and its symptoms) may, paradoxically, increase it. Although the literature emphasize the relation of anticipatory anxiety and selffocused attention with test anxiety, there is no reference to the acceptance role on these relations. Thus, this study had the final objective to explore if acceptance would mediate these relationships. The sample was composed by 251 university students, with ages between 18 and 30 (M=20.43; DP = 2.41). The results corroborated the hypothesis: test anxiety, anticipatory anxiety and self-focused attention were positively related between each other and negatively related to acceptance; it has also been verified that anticipatory anxiety and self-focused attention were significant predictors of the test anxiety; finally, acceptance had a partial mediator effect on the relations of anticipatory anxiety and selffocused attention and tests anxiety. These results point to the importance of working therapeutically aspects of acceptance before and after a test situation, to decrease the impact of anticipatory anxiety and self-focused attention on test anxiety.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica e Saúde (Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e Saúde) apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/32988
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE MIP - Carla Ventura - 2016.pdf402.01 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

308
checked on Dec 4, 2019

Download(s)

150
checked on Dec 4, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.