Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/31495
Title: Estudo paleobiológico de uma amostra osteológica inumada em Santa Maria dos Olivais, Tomar
Authors: Gonçalves, Andreia Alexandra Sousa 
Orientador: Cunha, Eugénia
Fernandes, Teresa
Keywords: Paleodemografia; Análise morfológica; Paleopatologia; Épocas medieval/Moderna
Issue Date: 2011
Citation: GONÇALVES, Andreia Alexandra Sousa - Estudo paleobiológico de uma amostra osteológica inumada em Santa Maria dos Olivais, Tomar. Coimbra : [s.n.], 2011. Dissertação de Mestrado em Evolução e Biologia Humanas.
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O objecto de estudo deste trabalho consiste numa amostra osteológica constituída por 34 indivíduos inumados na necrópole de Santa Maria dos Olivais, em Tomar, nas Épocas Medieval e Moderna. A amostra é composta por 26 indivíduos adultos e 8 não adultos pertencentes a enterramentos primários. Dos 26 indivíduos 17 são homens, 8 mulheres e um foi considerado alofísico por ter igual número de caracteres masculinos e femininos. O estudo do crescimento indicou a presença de um indivíduo com um atraso de crescimento de 9 anos, com vários indícios patológicos. Quanto ao estudo morfológico esta amostra apresenta distribuição sexual assimétrica dos caracteres discretos cranianos e pós-cranianos. A estatura dos homens (n=14) varia entre 162 e 164 cm e a das mulheres (n=8) entre 154 e 162 cm, dependendo do método e lado utilizado para fazer a estimativa. Estes indivíduos apresentam robustez mais marcada no membro superior, sobretudo as mulheres. No entanto, os índices de achatamento revelam, maioritariamente, diáfises arredondadas mesmo nos braços, contradizendo os resultados da robustez. O estudo das patologias orais revelou perda ante mortem superior nas mulheres, maior desgaste dentário nos homens, uma elevada prevalência de cáries e 2 indivíduos com quisto periodontal apical. As mulheres apresentam mais hipoplasias dentárias que os homens sugerindo que estiveram sob stress fisiológico mais acentuado. O estudo paleopatológico revelou ainda uma baixa prevalência de osteaotrose, sendo a anca e o cotovelo as zonas mais afectadas. As alterações da entese registaram-se mais frequentemente no lado direito indicando que os indivíduos seriam destros. Observou-se um possível caso de DISH, lesões traumáticas em 4 indivíduos, sinais de infecção em 4 indivíduos e duas patologias congénitas, sendo uma espinha bífida oculta e a outra possivelmente uma displasia espondilo-torácica.
The object of the present study is a osteological sample of 34 individuals exhumed in Santa Maria Dos Olivais, Tomar in medieval and Modern ages. The sample comprised 26 adults and 8 subadults belonging to primary burials. The sample is composed of 17 men subjects, 8 women and 1 individual was considered alophysic, due to the equal number of male and female characters. The growth study indicated the presence of an individual with a delay of nine years, with several pathological evidences. As for the morphological study, this sample shows asymmetrical gender distribution of discrete characters in cranial and post-cranial skeleton. The stature of men (n=14) varies between 162 and 164 cm and women (n=8) between 154 and 162 cm, depending on the method used and side to estimate. The individual show robustness, especially in women’s arms. Although, the flattening index shows, mainly, rounded diaphysis even in arms, contradicting previous robustness results. The study of oral pathologies revealed higher ante mortem tooth loss among women, higher tooth wear in men, a high prevalence of caries and 2 individuals with apical periodontal cysts. Women show more dental hypoplasia than men suggesting that women were under physiological stress more pronounced. Palaeopathology study also revealed a low prevalence of osteoarthritis, hip and elbow being the most affected areas. Enthesopathies were recorded more often on the right side, indicating that individuals are right-handed. We also observed one possible case of DISH, trauma lesion in four individuals, signs of infection in four individuals and two congenital disease, spina bifida occulta and a possible case of spondylothoracic dysplasia.
Description: Dissertação de Mestrado em Evolução e Biologia Humanas, apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/31495
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Capa e folha de rosto.pdf65.73 kBAdobe PDFView/Open
Dissertação Andreia Gonçalves.pdf3.3 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

185
checked on Aug 10, 2020

Download(s) 50

193
checked on Aug 10, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.