Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/28566
Title: 2x ação
Authors: Ferreira, Maria João 
Orientador: Ribeiro, João Mendes
Keywords: Espaço público urbano; Sociologia urbana; Requalificação urbana; Instalação de arte
Issue Date: Sep-2014
Citation: Ferreira, Maria João Carvalho - 2x ação : a ação enquanto estratégia arquitetónica que procura revitalizar o espaço público urbano. Coimbra, 2014
Abstract: O presente trabalho pretende explorar a hipótese das ações arquitetónicas conseguirem despoletar revitalização no espaço público urbano. Com este intuito, estudam-se as afinidades que estas intervenções possam ter com o espaço público urbano, as identidades disciplinares destas intervenções, os mecanismos para envolver os cidadãos de forma crítica, pró-ativa e propositiva, e ainda, o potencial transformador da dimensão sociocultural, na possibilidade de desencadear a revitalização do espaço urbano coletivo que as sustenta. Embora esta dissertação seja de índole teórica, acompanha a evolução de dois momentos práticos - as ‘provocações urbanas’ de Guimarães 2012, e a ‘Caixa de trocas’ de Basileia 2013 -, nos quais houve uma parcial participação pessoal, que despertaram para a temática da mesma. Estes momentos ajudaram na identificação de uma sequência de temas-chave ou caraterísticas das ações arquitetónicas, sendo estas, a Estratégia ‘bottom-up’ a partir do espaço público, Para / Com a Comunidade, Carácter performativo das ações arquitetónicas, e O efémero como estímulo à revitalização urbana. Estas características encontram-se exemplificadas por uma série de exemplos de ações arquitetónicas que ajudam a clarificar as suas potencialidades de atuação. Será pois na análise geral destes exemplos que este estudo tenta responder à hipótese acima apresentada. A ação arquitetónica pode ser definida como uma estratégia de ‘arquitetura de código aberto’ - desviada dos convencionalismos da cultura arquitetónica -, realizada por uma multiplicidade de agentes construtores espaciais que contribuem de forma transdisciplinar através de um processo colaborativo e performativo, incitando assim ao envolvimento e apropriação do espaço público urbano pela comunidade local. Atuando criticamente nos ‘vazios’ e interstícios sociais dos meios urbanos, através de um processo de co-apropriação, pretendem incitar à reflexão sobre o espaço público urbano - enquanto espaço social - e estimular à renovação e coesão das dinâmicas socioculturais, transformando-os temporariamente de forma ‘situada’, tentando assim promover a sustentabilidade destas dinâmicas, e consequente revitalização do espaço público urbano. As políticas de austeridade nas sociedades contemporâneas geram incapacidade financeira e de gestão territorial, descurando as necessidades dos cidadãos. Torna-se assim premente este tipo de ações, para que desta forma se possa defender e reclamar o espaço público e os usos coletivos das nossas cidades.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Arquitectura, apresentada ao Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/28566
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Arquitectura - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
dissertação maria ferreira 2007101491.pdf35.93 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

433
checked on Aug 12, 2020

Download(s) 50

524
checked on Aug 12, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.