Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/27635
Title: Vestir a camisola da gestão do conhecimento: o vínculo organizacional e a sua relação com a gestão do conhecimento
Authors: Pereira, Andreia Filipa Pimentel 
Orientador: Pais, Leonor
Mónico, Lisete
Keywords: Gestão do conhecimento
Issue Date: 2014
Serial title, monograph or event: Vestir a camisola da gestão do conhecimento: o vínculo organizacional e a sua relação com a gestão do conhecimento
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O envolvimento dos colaboradores em iniciativas de Gestão do Conhecimento (GC) possibilita às empresas alcançar desempenhos superiores e garantir a sua sustentabilidade. Assim, assume particular relevância a compreensão do modo como os processos relacionados com o vínculo dos colaboradores à organização, bem como daqueles referentes à gestão do conhecimento se articulam e mutuamente influenciam. É este o foco do presente estudo que tem por objetivo o estudo da relação entre o vínculo dos colaboradores e as práticas de gestão do conhecimento. O modelo conceptual por nós adotado (Quijano, Navarro e Cornejo, 2000) considera que o vínculo dos colaboradores integra o comprometimento organizacional, a identificação organizacional e a implicação com o Posto de Trabalho. Esta investigação tem como objetivo estudar o impacto da vinculação organizacional dos colaboradores das organizações nos processos de Gestão de conhecimento. Para estudarmos a influência do Vinculo Organizacional nas práticas de Gestão de Conhecimento, realizámos uma análise de regressão linear múltipla. As dimensões do Vinculo Organizacional (Comprometimento Organizacional, Identificação Organizacional e Implicação com o posto de trabalho) foram tomadas como preditoras das práticas de Gestão do Conhecimento (Orientação Cultural, Orientação Competitiva, Práticas Formais e Práticas Informais). Por conseguinte, foram aplicados dois questionários a 1327 colaboradores da indústria cerâmica Portuguesa, o Questionário de Gestão de Conhecimento (GC) de Pais (2014) e o Auditoria do Sistema Humano – Inventário de Identificação e Comprometimento (ASH-ICI) de Quijano e Navarro (1999) e Quijano, Navarro e Cornejo (2000). Os resultados obtidos suportam a literatura que explora o Vinculo Organizacional (VO) e a Gestão de Conhecimento (GC) como conceitos amplos e com múltiplos níveis. O modelo final apresenta um bom impacto do VO nas práticas de GC .
The involvement of employees in initiatives of Knowledge Management (KM) enables businesses to achieve superior performance and ensure its sustainability, thus it is particularly relevant to understanding how the processes related to the Employee Attachment to the organization, as well as those related to knowledge management articulate and influence each other. This is the focus of this study which aims to study the relationship between the Employee Attachment and the practices of knowledge management. The conceptual model we adopted (Quijano, Navarro and Cornejo, 2000) considers that the bond of employees integrates organizational commitment, organizational identification and involvement with the Workplace. This research aims to study the impact of organizational linkage of employees of organizations in knowledge management processes. To study the influence of Employee Attachment practices in Knowledge Management, conducted a stepwise multiple linear regression. Dimensions of Employee Attachment (Organizational Commitment, Organizational Identification and Involvement with the job) were used as predictors of the practices of Knowledge Management (Cultural Orientation, Competitive Orientation, Formal and Informal Practices Practices). Therefore, two questionnaires to 1327 employees of Portuguese ceramic industry were applied, the Questionnaire of Knowledge Management (KM) Parents (2014) and the Human System Audit - Inventory Identification and Commitment (HSA-ICI) of Quijano and Navarro (1999) and Quijano, Navarro and Cornejo (2000). The results support the literature that explores the Employee Attachment (EA) and Knowledge Management (KM) as broad concepts and multiple levels. The final model shows a good impact of EA on the KM practices
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia das Organizações e do Trabalho apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/27635
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE - Andreia Pereira.pdf819.88 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

345
checked on Oct 16, 2019

Download(s)

95
checked on Oct 16, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.