Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/27078
Title: À luz da Lua, na face negra da Terra
Authors: Ferreira, Sónia Mairos 
Orientador: Rebelo, José Augusto
Ferreira, Joaquim Armando
Keywords: Situação de sem-abrigo; Exclusão; Grounded theory; Educação e formação de adultos
Issue Date: 3-Mar-2015
Citation: FERREIRA, Sónia Cristina Mairos - À luz da lua, na face negra da terra. Coimbra : [s.n.], 2014. Tese de doutoramento. Disponível na WWW em: <http://hdl.handle.net/10316/27078>
Abstract: Exposta, na contemporaneidade, como a evidência mais severa da pobreza e da exclusão social, no seio das economias avançadas, a situação de sem-abrigo tem vindo a ser alvo de crescente interesse por parte de cientistas, organismos e agentes da sociedade civil. Para este incremento concorreu, por um lado, - o aumento do número de pessoas e agregados que se encontram em situação de privação habitacional severa e, por outro, - a constatação de que as abordagens tradicionais, centradas no escrutínio de fatores individuais e relacionais ou, pelo oposto, institucionais e sociais, se relevaram desajustadas para a sua compreensão, em profundidade. Conscientes de que estamos perante um processo dinâmico, para o qual concorrem fatores de ordem diversa, que atuam em simultâneo e em diferido, especialistas de diversos quadrantes científicos têm vindo a alertar para a necessidade de reforço da adoção de abordagens multireferenciadas, em que são reconhecidas, e respeitadas, as vozes dos/as multíplices atores envolvidos. Este estudo pretende responder a esse repto, tendo sido mobilizados os contributos da Grounded Theory Clássica para o efeito. Subordinado à questão chave “qual(ais) é(são) o(s) principal(ais) problema(s) e/ou preocupação(ões) das pessoas que experienciam a situação de sem-abrigo?”, visou a geração de um modelo teórico, explicativo dos diferentes processos que corporizam variadas trajetórias, desde a sua emergência à saída sucedida. Intitulada sobrevivendo às ruas, a GT gerada emergiu da análise de informações recolhidas através de modalidades complementares de observação (observação não estruturada, observação em contexto de Giro de rua), de consulta de documentação diversa e de 96 entrevistas [pessoas em situação de sem-abrigo (n= 38), profissionais (n= 47), pessoas com experiência transata da situação de sem-abrigo (n= 11)]. Nesta proposta concetual original expõem-se, segundo uma organização parcimoniosa, coerente e empiricamente sustentada, os padrões discursivos e comportamentais predominantemente mobilizados com o propósito de resolução das arduidades com que as pessoas em situação de sem-abrigo se confrontam, no seu quotidiano. De forma a tornar este processo facilmente inteligível, a componente escrita deste projeto de investigação, sob a forma de Tese que aqui se sumaria, estrutura-se a partir de seis capítulos. No primeiro, sintetizam-se os fatores chave que suportam o incremento da notoriedade desta problemática, em territórios com características distintas (incluindo o Português e outros países da União Europeia). Apresentam-se, em seguida, perspetivas distintas de concetualização e operacionalização desta área substantiva, processo que tem início com a exploração das abordagens tradicionais e que evolui, no capítulo 2, para a apresentação dos constituintes basilares da nova ortodoxia. Ultima-se este ponto com um apontamento específico subordinado à revisão de limitações e dimensões lacunares no conhecimento que permanecem por abordar de forma cabal, no contexto do qual se resumem as sugestões avançadas pelos/as especialistas, como prioridade na investigação, neste domínio. Terminadas estas considerações, dedica-se o capítulo 3 à sistematização do referencial metodológico de suporte ao desenvolvimento deste projeto, a Grounded Theory Clássica, sendo referidos os seus fundamentos ontológicos, epistemológicos e metodológicos, bem como as suas caraterísticas singulares. No capítulo 4, explicitam-se as opções metodológicas adotadas, sendo, para a concretização deste propósito, apresentados os argumentos que sustentam a sua particular adequação, descritos os trilhos de evolução decorridos e, por fim, sistematizado o processo de geração da GT sobrevivendo às ruas. Caracterizam-se, neste âmbito, a amostra teórica e as 3 subamostras que a compõem, assim como os procedimentos de recrutamento e recolha dos dados, bem como os de codificação e análise. Inclui-se, ainda, uma breve nota sobre as considerações éticas. Por sua vez, o capítulo 5 é consagrado à apresentação das componentes de superfície da teoria gerada, inaugurando-se esta tarefa com a ilustração das 3 fases [resistindo à fragmentação da trajetória de vida (fase 1), adaptando-se aos imperativos da vida na rua (fase 2) e (re)configurando uma trajetória de vida (fase 3)], a que se segue o descritivo das 6 subfases e, por último, das 3 configurações previstas. Analisam-se, para cada um dos níveis de abstração considerados, os referentes gerativos que os enformam e os elementos que corporizam a sua unicidade. Por fim, o capítulo 6 é dedicado à especificação das dimensões em profundidade abordando-se, para este efeito, os processos de evolução contínuos [e.g., fragilização crescente do universo dos possíveis; desequilíbrio(s), gravitações orbitais e reequilíbrio(s)] e transitivos [e.g., transições entre (sub)fases e ciclos recidivos]. Conclui-se com a reflexão sobre as implicações do estudo (teóricas, para a investigação e para a intervenção) e a apreciação crítica das suas principais potencialidades e limitações.
Exposed, nowadays, as the most severe evidence of poverty and social exclusion within the advanced economies, homelessness has been receiving increased interest from scientists, organizations and civil society agents. For this incrementation contributed, on the one hand, - the augment of the number of persons and households in severe housing deprivation, and on the other hand, - the realization that traditional approaches, centered on the scrutiny of individual and relational factors or, the opposite, institutional and social, were inadequate to its, in depth, comprehension. Being aware that this is a dynamic process, to which diverse factors contribute, some of them acting simultaneously and other deferred, experts from various scientific domains have been warning to the need to strengthen the adoption of multireferentiated approaches that actually take in consideration, and respect, the voices of the multiple actors’ involved. This study aims to reply to that challenge and, for the completion of that purpose; the contributions of the Classical Grounded Theory have been mobilized. Subordinated to the key question "what is (are) the main problem(s) and/or concern(s) of homeless people?" it aimed at the generation of a theoretical model, explanatory of the different processes that embody diverse trajectories, since its emergence to successful exit. Entitled surviving the streets, the generated GT emerged from the analysis of information gathered through complementary observation approaches (e.g. unstructured observation, observation of street interventions), and 96 interviews [homeless people (n = 38), professionals (n = 47), previous homeless people (n = 11)]. In this original conceptual proposal, the predominantly mobilized discursive and behavioral patterns, mobilized with the purpose of resolution of the main troubles homeless face daily, are exposed in a parsimonious, coherent and empirically anchored structure. In order to make this process easily understandable, the written component of the research project, assuming the format of this thesis, is organized in six chapters. The first summarizes the key factors that support increased awareness of this problem, in territories with different characteristics (including Portugal and other European Union countries). Different perspectives of conceptualization and operationalization of this substantive area are presented next, process that begins with the exploration of traditional approaches and that evolves, through chapter 2, to the presentation of the essential constituents of the new orthodoxy. This point is completed with a specific appointment on the limitations and lacunar dimensions in knowledge that remain to be addressed adequately. In this context, the suggestions made by experts, as a priority in research in this field, are summarized. Completed these considerations, chapter 3 is dedicated to the systematization of the methodological framework that supported the development of this project, Classical Grounded Theory, in specific by the presentation of its ontological, epistemological and methodological foundations, as well as its unique features. In Chapter 4 the methodological options adopted are explained, and, to better achieve this goal, the arguments that support its particular suitability and the paths of evolution traveled are exposed. At last, the process of generation of the GT is revealed. In this context, the theoretical sample, and the 3 subsamples that comprises it, plus the procedures for recruitment and data collection, as well as the coding and analysis are also characterized. In addition, the chapter includes a brief note on ethical considerations. In turn, Chapter 5 is devoted to the presentation of the surface components of the theory generated, task that is inaugurated with the illustration of the three phases [resisting the fragmentation of the life trajectory (phase 1), adapting to the demands of life on the street (phase 2) and (re) configuring a life trajectory (phase 3)], followed by the description of the six sub-phases, and finally, the three configuration predicted. For each level of abstraction considered, the generative referents that shape it, and the elements that typify its uniqueness are analyzed. Finally, Chapter 6 is devoted to the specification of the in depth dimensions, addressing, for this purpose, the continuous processes of evolution [e.g., increasing fragilization of the universe of possibilities; equilibration, gravitational balance(s) and reequilibration] and transitive [e.g., transitions between (sub)phases and relapse cycles]. It is finished with the reflection on the implications of the study (theoretical, for research, and intervention), and the critical evaluation of its main strengths and limitations.
Description: Tese de doutoramento em Ciências da Educação (Pré-Bolonha), apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/27078
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
À luz da Lua na face negra da Terra_final 23abr.pdf6.1 MBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s) 50

308
checked on Apr 7, 2020

Download(s) 50

150
checked on Apr 7, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.